Você está aqui Mundo Educação Biologia Histologia Animal Células da glia

Células da glia

As células da glia são muito esquecidas quando o assunto é sistema nervoso. Entretanto, apesar de pouco lembradas, elas exercem importantes funções para esse sistema.

Células da glia
Observe algumas das principais células da glia

Quando falamos em tecido nervoso, lembramo-nos, na maioria das vezes, apenas das células denominadas de neurônios, as quais estão diretamente relacionadas com o impulso nervoso. Entretanto, além desse tipo celular, é possível encontrar no tecido nervoso as chamadas células da glia ou da neuróglia, as quais desempenham funções primordiais para a manutenção do nosso corpo.

Células da glia

Veja a seguir as principais células da glia e suas funções:

  • Astrócitos

    Essas células, como o próprio nome indica, têm formato estrelado, característica conseguida graças aos seus prolongamentos. São o tipo celular mais numeroso e com maior diversidade de funções. Entre as funções que podem ser atribuídas aos astrócitos, podemos destacar a função de sustentação, controle da composição iônica e molecular do ambiente onde estão localizados os neurônios, transferência de substâncias para os neurônios, resposta a sinais químicos, entre outras atividades.

    Os astrócitos podem ser classificados de acordo com a quantidade e o tamanho de seus prolongamentos. Os astrócitos protoplasmáticos são aqueles que possuem os prolongamentos curtos e espessos e estão localizados na substância cinzenta. Já os astrócitos fibrosos são aqueles que possuem prolongamentos menos numerosos e mais longos e estão localizados na substância branca.

  • Oligodendrócitos

    São células responsáveis pela produção da bainha de mielina em neurônios presentes no sistema nervoso central. Essas células enrolam-se em volta do axônio, formando a bainha, que funciona como um isolante elétrico. Os oligodendrócitos são capazes de envolver até 60 axônios de neurônios.

  • Células de Schwann

    Assim como os oligodendrócitos, as células de Schwann também são responsáveis por formar a bainha de mielina. Entretanto, esse tipo celular envolve neurônios que estão presentes no sistema nervoso periférico. Diferentemente dos oligodendrócitos, as células de Schwann formam mielina em apenas um neurônio.

  • Células ependimárias

    Essas células revestem cavidades no cérebro (ventrículos) e o canal central da medula espinhal. Sua função é garantir a movimentação do líquido cefalorraquidiano.

  • Micróglia

    Células (menores células da glia) com pequenos prolongamentos que se destacam por sua capacidade fagocitária. Elas localizam-se no sistema nervoso central e atuam em processos inflamatórios e reparando esse sistema.

Curiosidade: Você sabia que, no Sistema Nervoso Central, para cada neurônio, há cerca de 10 células da glia?

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Tags Relacionadas

Assuntos Relacionados