Você está aqui Mundo Educação Biologia Fisiologia Desenvolvimento dos insetos
Desenvolvimento dos insetos
Etapas da metamorfose (pupa ou crisálida → inseto adulto).

Os insetos são organismos que possuem sexos separados, reproduzindo-se de forma sexuada com fecundação interna através de gametas. Por serem animais ovíparos, depositam os seus ovos em ambientes que favorecem o desenvolvimento de um novo inseto, seguindo etapas de crescimento caracterizadas por metamorfose (transformações morfológicas e fisiológicas na estrutura corpórea de um organismo, durante o seu ciclo de vida).

Tipos de metamorfose dos insetos:

Desenvolvimento direto (ametábolo) – neste grupo de insetos os animais não passam por mudanças, ou seja, a partir da eclosão do ovo surge um arquétipo semelhante ao organismo adulto, porém ainda imaturo.
Exemplo: traça-de-livro.

Desenvolvimento indireto incompleto (hemimetábolos) – reúne os insetos com desenvolvimento gradativo, passando por etapas de crescimento. Após a eclosão do ovo surge uma ninfa, passando por sucessivas mudas (troca do exoesqueleto) até atingir o tamanho adulto chamado de imago (nesta fase aparecem as asas).
Exemplo: barata.

Desenvolvimento indireto completo (holometábolos) – insetos cuja metamorfose, posterior eclosão dos ovos, apresenta etapa de desenvolvimento larval (anatomicamente diferente do organismo adulto). Da larva surge uma pupa ou crisálida, etapa na qual o organismo fica alojado no interior de um casulo passando por transformações que resultaram na formação de um organismo adulto.
Exemplo: borboleta.

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados

Comentários