Você está aqui Mundo Educação Biologia Como conseguimos manter o equilíbrio

Como conseguimos manter o equilíbrio

Como conseguimos manter o equilíbrio
A labirintite ocorre quando há inflamação no labirinto

O órgão responsável pelo equilíbrio do nosso corpo é a nossa orelha, também chamada de ouvido.

No interior de nossa orelha, mais precisamente em nossa orelha interna, há o aparelho vestibular, também conhecido como labirinto, que é formado pelo utrículo, pelo sáculo e pelos canais semicirculares. O utrículo e o sáculo se localizam sobre a cóclea, e são bolsas repletas de substância gelatinosa, cujas paredes são constituídas por células sensoriais sobre as quais encontramos os otólitos, pequenos grãos de carbonato de cálcio.

Quando movimentamos nosso corpo, a força da gravidade atrai os otólitos que se encostam nas células sensoriais, gerando impulsos nervosos que são enviados ao cérebro, permitindo determinar qual a real posição da cabeça em relação à força gravitacional. Dessa forma podemos perceber em que posição estamos.

Os canais semicirculares são constituídos por três regiões dilatadas que se localizam acima do utrículo. Nessas dilatações chamadas de ampolas há células sensoriais ciliadas cobertas por um líquido gelatinoso. Ao movimentarmos nossa cabeça, o líquido no interior dos canais semicirculares faz pressão sobre as células sensoriais ciliadas, que serão estimuladas e gerarão estímulos que serão enviados ao cérebro.

Se uma pessoa gira seu corpo, o líquido dos canais semicirculares também se movimentará, e isso diminuirá a pressão sobre as células sensoriais. Quando a pessoa para de girar, o líquido dos canais semicirculares continua a se movimentar em razão da inércia, estimulando as células sensoriais e causando aquela sensação de tontura. Essa sensação ocorre porque as células sensoriais enviam ao cérebro mensagens de que o corpo está se movimentando, mas os olhos informam que o nosso corpo parou de girar, gerando um conflito de informações que resulta em tontura. Dessa forma, podemos concluir que os olhos também participam do sentido do equilíbrio, pois eles informam ao cérebro a posição do corpo através de imagens captadas do ambiente.

Chamamos de labirintite a infecção que ocorre no labirinto ou aparelho vestibular.