Você está aqui Mundo Educação Biologia Genética Eritroblastose Fetal
Eritroblastose Fetal
O fator Rh: critério relevante para uma boa gestação
É uma doença hemolítica causada pela incompatibilidade do sistema Rh materno durante o período gestacional.

Ocorre segundo duas possibilidades: quando a mãe (Rh-), já tem um descendente Rh+ ou no caso da mãe ter passado por algum contato com sangue Rh+, por exemplo uma transfusão acidental, fica sensibilizada e a partir de então produz anticorpos que podem atravessar a placenta, provocando a lise das hemácias da criança em gestação.

Logo, mulheres Rh-, adquirem memória imunitária após contato com o fator Rh+, estimulando a produção de anticorpos anti-Rh, que irão reagir de forma destrutiva às hemácias fetais.

De forma geral, são poucos os relatos a nível mundial. Os problemas envolvendo incompatibilidade sangüínea durante a gestação, normalmente evoluem de forma letal, tanto para o organismo materno quanto para o feto, podendo até comprometer ambos.

No Brasil existem registros do ano de 1976, de um fato ocorrido no Hospital Escola de Brasília, onde o feto e mãe, submetidos a tratamento supervisionado, obtiveram sucesso durante o pré-natal até o instante do parto.

Assuntos Relacionados

Comentários