Você está aqui Mundo Educação Biologia Gravidez Exercícios físicos na gravidez

Exercícios físicos na gravidez

Exercícios físicos são recomendados para gestantes que não apresentam problemas de saúde que possam ser agravados ou que possam prejudicar o feto durante a prática.

Exercícios físicos na gravidez
Exercícios durante a gravidez são recomendados em gestações sem complicação

A gravidez é um momento de muitas mudanças no corpo da mulher e pode causar sérios desconfortos. As dores lombares, por exemplo, acometem uma grande quantidade de gestantes. Essas dores poderiam ser evitadas ou minimizadas com exercícios físicos, entretanto, até que ponto são recomendados exercícios durante a gravidez?

Quando a atividade física é recomendada na gravidez?

Os exercícios físicos são benéficos para todos os indivíduos, independentemente de idade e sexo. Todavia, devemos sempre avaliar quais atividades são adequadas e se a pessoa apresenta problemas de saúde que podem ser agravados com a prática de exercícios. Isso também é válido para gestantes.

Uma gravidez com complicações é cercada de cuidados, e exercícios físicos podem não ser recomendados. Em uma gravidez normal, exercícios físicos moderados podem proporcionar grandes benefícios. Normalmente, recomenda-se que grávidas já ativas mantenham suas atividades durante a gestação, mas em menor intensidade, evitando treinos com frequência cardíaca elevada, acima de 140 bp.

Em contrapartida, o exercício físico é extremamente contraindicado para mulheres que tiveram embolia pulmonar recente, apresentam risco de parto prematuro, estresse fetal, sangramento uterino, insuficiência cardíaca congestiva e doença miocárdica descompensada. Doenças tireoidianas, diabetes, obesidade, anemia e hipertensão são casos em que a gestante também pode ser aconselhada a não realizar atividades físicas.

Benefícios dos exercícios durante a gestação

Um dos benefícios dos exercícios físicos durante a gestação é a melhora da postura e condicionamento, o que permite suportar melhor o aumento do peso por causa da gravidez. Vale destacar também que as atividades físicas impedem um ganho de peso exagerado, reduzindo os riscos de diabete gestacional, além de diminuir alguns problemas desagradáveis, como as câimbras, edema e fadiga. Existem ainda estudos que relacionam a prática de atividades durante o período da gravidez com a redução de casos de depressão.

Quais exercícios são recomendados?

Normalmente, recomenda-se que as grávidas pratiquem exercícios de resistência muscular, tais como Pilates e Ioga, alongamentos e atividades aeróbicas, como caminhadas. É importante evitar atividades que possam causar a perda de equilíbrio e consequentes impactos.

Durante a prática de exercícios, é essencial ficar atento a alguns sinais. Cólicas, dores abdominais, sangramentos vaginais, vômito, tontura, distúrbios visuais, redução dos movimentos fetais, perda de líquido, inchaço repentino e falta de ar são indícios de que a prática deve ser interrompida imediatamente. Vale lembrar que, durante todas as atividades, a mulher deve estar bem alimentada e hidratada e que locais muito quentes e sem ventilação devem ser evitados.

Assuntos Relacionados