Nucleoide

O nucleoide é uma região das células procariontes onde se encontra o material genético desses organismos. Em geral, ele é formado por uma única molécula de DNA circular.

Nucleoide
As bactérias são organismos sem núcleo definido

Os organismos procariontes, tais como bactérias e cianobactérias, são seres que não possuem um núcleo definido e apresentam o material genético disperso no citoplasma sem nenhum envoltório nuclear. Nesses organismos, ocorre a presença do chamado nucleoide.

→ Nucleoide

O nucleoide, também chamado de cromossomo bacteriano, é a região onde se encontra o DNA do organismo procarionte. No nucleoide, o DNA apresenta-se geralmente como uma única molécula de DNA dupla fita circular. Diferentemente do DNA de células eucariontes, não se observa a presença de proteínas histonas, as quais estão relacionadas com o processo de compactação e descompactação do DNA.

A estrutura do nucleoide é muito variável e está diretamente relacionada com o estado fisiológico da célula. Em células que estão em fase exponencial de multiplicação (fase em que as células dividem-se), por exemplo, o DNA apresenta-se bastante compactado, e na fase estacionária de multiplicação (fase em que há interrupção da divisão) o DNA está mais relaxado.

As bactérias apresentam uma região com DNA conhecida como nucleoide
As bactérias apresentam uma região com DNA conhecida como nucleoide

O DNA presente no nucleoide possui todas as informações que são necessárias para que a célula sobreviva. Além disso, esse DNA não possui introns, ou seja, partes do DNA de um gene que não são responsáveis por codificar nenhuma parte da proteína produzida pelo gene e possui capacidade de autoduplicação.

Plasmídeos

Nos organismos procariontes, também existem moléculas de DNA que não estão ligadas ao cromossomo bacteriano, replicando-se de maneira independente. Essas moléculas, chamadas de plasmídeos, são formadas por pequenas porções de DNA dupla fita que se apresentam de maneira circular.

Os plasmídeos possuem, em média, de 5 genes a 100 genes. Esses genes não são responsáveis por produzir características essenciais, entretanto, estão relacionados com algumas vantagens adaptativas. Entre essas vantagens, podemos citar a resistência a antibióticos e a tolerância a metais tóxicos. É importante salientar que os plasmídeos podem ser adquiridos ou mesmo perdidos sem causar danos à célula.

Tags Relacionadas

Assuntos Relacionados