Você está aqui Mundo Educação Biologia Histologia Animal Tecido Nervoso

Tecido Nervoso

Tecido Nervoso
Corte Transversal da Medula Espinhal

O tecido nervoso possui origem ectodérmica e constitui um dos sistemas responsáveis pela coordenação das funções dos diversos órgãos: o sistema nervoso ou sistema neural. São funções do tecido nervoso: receber mensagens dos órgãos dos sentidos, armazenar informações, fazer os músculos ou as glândulas funcionarem através do comando das respostas.

Estudar o tecido nervoso propicia a compreensão da forma como percebemos o mundo, aprendemos e armazenamos memórias.

Os principais componentes celulares do tecido nervoso são os neurônios e as células da glia.

Os neurônios são células que recebem e transmitem estímulos nervosos, comunicam entre si compondo uma rede pela qual passam mensagens (os impulsos nervosos). Existem cerca de 100 bilhões de neurônios no cérebro.

Grande parte dos neurônios é constituída por um corpo celular ou pericário, dele saem os dendritos e axônio. Os dendritos são as células especializadas em receber mensagens dos órgãos dos sentidos. O impulso nervoso é transmitido no sentido dendrito→corpo celular→axônio.

O axônio é um prolongamento maior, com ramificações em sua porção final. Sua estrutura é especializada para transmitir os impulsos nervosos para outros neurônios ou para outros tipos celulares.

O axônio pode atingir até 1m de comprimento, em alguns neurônios. Os nervos são formados por alguns feixes de axônios envoltos por tecido conjuntivo. De acordo com o número de prolongamentos, os neurônios podem ser: multipolares (com vários dendritos e um axônio); bipolares (com um dendrito e um axônio).

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados

Comentários