Você está aqui Mundo Educação Biologia Ecologia Teia alimentar
Teia alimentar
Tucano-de-bico-verde: animal onívoro que desempenha diversos papéis nas cadeias alimentares.

Cadeias alimentares são representadas por uma relação alimentar entre produtores, consumidores e decompositores, na qual a energia flui entre esses indivíduos a partir dos seres autotróficos, que, a partir da fotossíntese ou quimiossíntese, são capazes de transformar a matéria inorgânica em orgânica, sendo essa incorporada na cadeia a partir do momento em que um indivíduo se alimenta desses organismos.

Algas, plantas e algumas bactérias e protozoários representam os produtores. Consumidores se alimentam de produtores (consumidores primários); ou daqueles que se alimentam destes (consumidores secundários). Algumas bactérias e fungos, os chamados decompositores, se nutrem de restos mortais e excretas desses componentes da cadeia alimentar, reciclando a matéria orgânica.

Exemplo de cadeia alimentar:

   Alga    >          crustáceo           >                 peixe                 >          tubarão            > fungos e bactérias
produtor - consumidor primário - consumidor secundário - consumidor terciário -  decompositores

A partir do exemplo em questão, podemos perceber que alguns desses organismos podem se alimentar tanto de vegetais quanto de tecidos animais, tal como certas espécies de crustáceos e peixes. Dessa forma, não podemos considerar que as relações alimentares de determinado ambiente se dão de forma linear, como representado em cadeias alimentares.

Considerando tal aspecto, teias alimentares refletem de forma mais fiel a relação entre produtores, consumidores e decompositores em um ambiente, sendo por isso considerada um conjunto de cadeias alimentares. Nessa, os decompositores agem sobre todos os níveis tróficos.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados

Comentários