Você está aqui Mundo Educação Carnaval Carnaval no Brasil

Carnaval no Brasil

Carnaval no Brasil
No Entrudo os foliões utilizavam máscaras.
No século XVII, os portugueses trouxeram para o Brasil uma festa popular chamada Entrudo. Tal festa era basicamente formada por brincadeiras, como sujar e molhar as pessoas com água, limão, farinha, terra, vinhos, sucos e coisas em estado de putrefação.

A partir de 1870, o Entrudo vagarosamente deixou de ser festejado dando lugar ao carnaval. Eram bailes e desfiles glamurosos, cuja inspiração era buscada na Europa. Tal substituição priorizou a classe bem sucedida da população, pois os menos favorecidos que compunham a maior parte dos festejantes do Entrudo não tinham condições de pagar os altos valores cobrados nos clubes e bailes.

A classe baixa então buscou realizar suas festividades nas vias públicas com a construção de blocos, grupos de maracatus, frevos, até que, em 1928, surgiu a primeira escola de samba: a Deixa Falar, que posteriormente recebeu o nome de Estácio de Sá. A partir desse período, o carnaval de rua foi priorizado nas grandes cidades brasileiras.

Em 1935, as prefeituras passaram a contribuir com a organização do carnaval, oferecendo ajuda de custo para a construção de diferentes desfiles e carros alegóricos.

Assuntos Relacionados