Você está aqui Mundo Educação Curiosidades A banana tem sementes?

A banana tem sementes?

Apesar do que muitos pensam, dependendo da espécie analisada, a banana tem, sim, sementes.

A banana tem sementes?
As espécies cultivadas de banana normalmente não possuem sementes

Bananeira é o nome dado às plantas agrupadas no gênero conhecido como Musa. Essas espécies possuem folhas grandes e verdes que possuem bainhas que formam um pseudocaule. O caule verdadeiro da bananeira, também chamado de rizoma, é subterrâneo e cresce horizontalmente no solo. A bananeira produz um fruto que é denominado de banana e que é bastante apreciado por toda a população, sendo normalmente consumido in natura.

Apesar de bastante difundido, o fruto não é bem conhecido pela população no que diz respeito, principalmente, à sua estrutura. Muitas pessoas acreditam que os pontinhos pretos que existem no centro da banana são sementes. Entretanto, aquelas estruturas são óvulos não fecundados. A banana cultivada é um fruto partenocárpico, ou seja, que se desenvolve sem que haja fecundação e, portanto, não possui semente.

O desenvolvimento de bananas sem sementes ocorreu em virtude da seleção desses frutos por produtores que queriam melhorar a qualidade do produto oferecido. Provavelmente, o desenvolvimento inicial desse tipo de fruto ocorreu em razão de alguma mudança genética.

Vale destacar que ainda hoje é possível encontrar bananas com sementes na natureza. Essas bananas selvagens normalmente desenvolvem sementes em situações de estresse ambiental como uma forma de garantir a sua sobrevivência. Um exemplo de banana que possui sementes é a Musa balbisiana, nativa do sul da Ásia (veja foto abaixo).

A Musa balbisiana é uma espécie de banana que possui sementes
A Musa balbisiana é uma espécie de banana que possui sementes

A reprodução da bananeira normalmente é feita por via vegetativa, em que ocorre a separação de brotos da planta-mãe que darão origem a outro indivíduo. Nesse caso, a planta não possui variedade genética, sendo idêntica à planta-mãe. Isso representa um grande problema, uma vez que um espécime com facilidade de contrair doenças dará origem a outro com esse mesmo problema.

A produção também pode ser feita pelo fracionamento de rizoma, técnica que consiste na plantação de pedaços do caule da planta. Existe ainda a possibilidade de fazer a propagação do vegetal por técnicas de produção de mudas in vitro.

Curiosidade: As bananas-prata, prata-anã e pacovan são as variedades mais cultivadas no Brasil. De acordo com a Embrapa, essas três espécies são responsáveis por 60% da área cultivada com banana no país.

Assuntos Relacionados

Comentários