Você está aqui Mundo Educação Doenças Anosmia
Anosmia
A anosmia pode causar sentimentos de frustração e tristeza.
- O que é anosmia?
- Oras! Olhe no dicionário!
- Mas... não tem tal palavra lá!
- Verdade... provavelmente porque a anosmia é pouco conhecida fora do mundo científico e fora de situações nas quais se é ou se conhece o portador!


Anosmia permanente é um problema raro, raramente curável, que consiste na pessoa não conseguir sentir cheiros, podendo ocorrer desde o nascimento ou em razão de problemas psicossomáticos, traumas na cabeça, problemas neurológicos, cirurgias nasais, sinusite ou por doenças respiratórias, como rinite – situações onde há comprometimento dos receptores de odor.

Há casos em que obstruções nas fossas nasais devido a gripes, resfriados, alergias ou inflamações na língua podem fazer com que o indivíduo perca o olfato e a sensibilidade do paladar. Entretanto, esta perda - denominada anosmia parcial - ocorre por um curto período, recuperando após certo tempo.

Como a identificação de sabores mais refinados dependem do olfato, o anósmico permanente tem dificuldades quanto à identificação de certos gostos, podendo, inclusive, ingerir um alimento estragado sem perceber. Além disso, a dificuldade em perceber a presença de gases, substâncias químicas ou mesmo sentir o cheiro de fogo, pode ter como conseqüência graves acidentes.

Além dessas questões, a frustração de não se ter o prazer de sentir certos cheiros e gostos pode levar o indivíduo à perda de apetite, distúrbios alimentares e até depressão e problemas com auto-estima. Quanto a estes dois, buscar meios de se compensar estas sensações - como desenvolver atividades que envolvam os outros três sentidos - ou auxílio psicológico, podem ajudar o paciente a lidar com tais questões.


Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Assuntos Relacionados