Você está aqui Mundo Educação Drogas Classificação das drogas

Classificação das drogas

Classificação das drogas
As drogas podem ser classificadas de acordo com seus efeitos.

As drogas psicotrópicas agem no sistema nervoso central, produzindo alterações de comportamento, humor e cognição. De acordo com a ação destas no organismo do indivíduo, um pesquisador francês, denominado Chaloult, classificou as drogas em três grandes grupos:


Drogas estimulantes do sistema nervoso central:

Estas substâncias aumentam a atividade cerebral, uma vez que imitam ou cooperam com os neurotransmissores estimulantes do organismo do indivíduo, como a epinefrina e dopamina. Assim, dão sensação de alerta, disposição e resistência, mas que, ao fim de seus efeitos, conferem cansaço, indisposição e depressão, devido à sobrecarga que o organismo se expôs.

Algumas delas são:

nicotina
cafeína
anfetamina
cocaína
crack
merla


Drogas depressoras do sistema nervoso central:

Tais drogas apresentam uma diminuição das atividades cerebrais de seu usuário, deixando-o mais devagar, desligado e alheio; menos sensível aos estímulos externos.

Algumas delas são:

álcool
inalantes/solventes
soníferos
ansiolíticos
antidepressivos
morfina


Drogas perturbadoras do sistema nervoso central:

São aquelas drogas cujos efeitos são relativos à distorção das atividades cerebrais, podendo causar perturbações quanto ao espaço e tempo; distorções nos cinco sentidos e até mesmo alucinações. Grande parte destas substâncias é proveniente de plantas, cujos efeitos foram descobertos por culturas primitivas, associando as experiências vivenciadas a um contato com o divino.

Algumas delas são:

maconha
haxixe
ecstasy
cogumelo
LSD
medicamentos anticolinérgicos.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Assuntos Relacionados

Comentários