Você está aqui Mundo Educação Drogas Cocaína

Cocaína

Cocaína
Cocaína
A cocaína é uma das drogas ilegais mais consumidas, fortes e perigosas do mundo. Extraída das folhas da coca (Erythroxylon coca), a cocaína é um alcalóide tropano e seu nome completo é 3-benzoiloxi-8-metil-8-azabiciclo (3,2,1) octano-4-carboxilico ácido metil éster.

Essa droga é sintética (produzida em laboratório) e também é considerada psicotrópica, já que atua no sistema nervoso central do indivíduo, responsável pelo comando dos pensamentos e ações das pessoas.

Descoberta na América do Sul há mais de 1200 anos, a cocaína era usada por muitos índios nativos para ajudar a suportar a fome, a sede e o cansaço. O cientista italiano Angelo Mariani levou a cocaína para a Europa e desenvolveu um vinho baseado na planta, esse foi apreciado até mesmo pelo Papa Leão XIII.

O uso da cocaína provoca uma passageira euforia, excitação, sensação de onipotência, falta de apetite, insônia e um ilusório aumento de energia. Esses sintomas de euforia quando passam, geram uma enorme depressão ao usuário, resultando em uma busca maior por outras e maiores quantidades da droga.

Altas doses de cocaína podem resultar em convulsões, taquicardia, depressão do centro neural respiratório e depressão vasomotora. A overdose geralmente provoca arritmias cardíacas, convulsões epilépticas generalizadas e depressão respiratória com asfixia, levando o indivíduo a morte em menos de 3 horas.

Embora seja proibida em todo o mundo, a cocaína é a droga que mais gera dinheiro. Só nos EUA foram vendidos 35 milhões de dólares do produto em 2003.

Assuntos Relacionados