Arquimedes

Arquimedes foi um físico, inventor e matemático grego. Suas invenções ficaram famosas em todo o mundo, e algumas delas foram utilizadas como arma de guerra.

Arquimedes
Pintura de Domenico Fetti (1620) retrata Arquimedes, um dos maiores inventores do mundo

Arquimedes foi um físico, matemático e inventor nascido em 287 a.C na colônia grega de Siracusa, na Sicília. Filho do astrônomo Fídeas, ele estudou na escola de Matemática de Alexandria, na qual teve contato com o que havia de mais tecnológico na época.

Concluídos seus estudos, Arquimedes retornou a Siracusa e iniciou o desenvolvimento de seus projetos. O cientista ficou muito famoso por causa de suas revolucionárias invenções. O Parafuso de Arquimedes, utilizado para elevar água, e as catapultas, armas de guerra, são exemplos de criações desenvolvidas pelo físico. Outro importante invento do estudioso foi o uso das alavancas para mover cargas pesadas. A respeito disso, o próprio Arquimedes disse: “Deem-me um ponto de apoio e uma alavanca e eu moverei o mundo.”

História do empuxo

Uma das histórias mais famosas a respeito das descobertas de Arquimedes talvez seja a do Teorema de Arquimedes, também chamado de empuxo. Certa vez, o rei Híeron desejou oferecer uma coroa aos seus deuses. Para isso, ele contratou um ourives e deu-lhe uma porção de prata e outra de ouro em pó para que fosse feita uma coroa digna de uma oferta. Ao receber o ornamento, Híeron desconfiou da quantidade de ouro utilizada em sua fabricação e, como não havia provas para incriminar o ourives, pediu a Arquimedes que encontrasse a verdade.

Durante seu momento de banho, o cientista percebeu que, ao mergulhar seu corpo na banheira, o nível da água subia. Então, Arquimedes compreendeu que poderia encontrar a verdade a respeito da coroa. Conta ainda a história que, ao perceber que poderia solucionar a dúvida do rei, o cientista saiu correndo, completamente nu, gritando “Eureka!”, “Eureka!” (“Encontrei!”, “Encontrei!”).

Arquimedes preparou blocos de prata e ouro com o mesmo peso da coroa e, mergulhando um de cada vez em um recipiente com água, observou o aumento nos níveis do líquido. Percebendo que o volume de água deslocado pelos dois blocos era diferente, Arquimedes conseguiu determinar as massas aproximadas de ouro e prata utilizadas na confecção da coroa.

Esse experimento levou o cientista à definição do que hoje chamamos de princípio de Arquimedes: todo corpo mergulhado em um fluido sofre a ação de uma força, vertical e ascendente, que é igual ao peso do volume de líquido deslocado pelo corpo. A força a que Arquimedes se referiu é chamada de empuxo.

Arquimedes morreu no ano de 212 a.C., durante a Segunda Guerra Púnica, quando os romanos invadiram sua cidade. Mesmo sob ordens de mantê-lo vivo, um soldado desferiu um golpe de espada contra o inventor.

Tags Relacionadas

Assuntos Relacionados