Você está aqui Mundo Educação Física Curiosidades de Física Física do Hand Spinner

Física do Hand Spinner

O Hand Spinner é um brinquedo capaz de ajudar pessoas com deficit de atenção e funciona a partir de interessantes princípios da Física.

Física do <i>Hand Spinner</i>
OHand Spinner pode auxiliar crianças autistas no desenvolvimento da capacidade motora

“Girador de mão” é a tradução livre para Hand spinner, um brinquedo (também chamado de Fidget spinner) feito de plástico, metal e rolamento que é capaz de girar sob os dedos.

Exemplo de Hand Spinner

O dispositivo é muito utilizado para auxiliar pessoas que apresentam deficit de atenção, hiperatividade, stress, autismo e pequenos vícios, como o de roer unhas.

Por que utilizar o Hand spinner?

Os altos níveis de stress e os transtornos de deficit de atenção e hiperatividade fazem com que alguns indivíduos não consigam concentrar-se em uma atividade específica. A utilização de dispositivos como o Hand spinner faz com que o cérebro não se concentre no ambiente e esteja livre para focar em uma única ação específica.

Em substituição a roer as unhas, balançar as pernas e morder pequenos objetos, por exemplo, pode-se utilizar o Hand spinner para manter-se concentrado em determinada atividade. O dispositivo ainda pode ser utilizado para desenvolver a capacidade motora de crianças com autismo ou com alguma dificuldade motora.

Faça seu próprio Hand spinner!

A partir do uso de equipamentos simples e de baixo custo, é possível construir um bom Hand spinner. O vídeo abaixo mostra o passo a passo para a construção do brinquedo, utilizando basicamente cano PVC, rolamentos de Skate e cola.

Em que consiste a Física do Hand spinner?

Existem, no mínimo, três princípios de Física envolvidos no funcionamento do Hand spinner.

  • Tempo de giro

Um bom Hand spinner pode facilmente ultrapassar um minuto de rotação ininterruptamente. Isso só é possível em razão do baixo atrito existente entre seus componentes. Como o atrito entre os componentes do dispositivo é baixo, a energia dissipada em forma de calor é muito pequena, assim, o aparelho pode manter-se em rotação por um longo período de tempo.

  • Efeito estroboscópico

Em alguns desses dispositivos existem LEDs que, caso estejam acesos, geram belos efeitos visuais. Ao observar vídeos da rotação de um Hand spinner, ou mesmo ao vê-lo girando sob uma luz que pisque, têm-se a sensação de que os pontos luminosos estão girando em sentido oposto ao do equipamento. Essa ilusão de óptica é denominada de efeito estroboscópico.

Se os nossos olhos ou câmeras de vídeo perceberem os pontos luminosos antes que eles completem um giro, surge a sensação de que esses pontos luminosos executam um movimento oposto ao movimento do Hand spinner.

  • Efeito giroscópico

Ao se girar rapidamente o Hand spinner e incliná-lo, há a aparente sensação do surgimento de uma força que tenta impedir a inclinação do dispositivo. Essa sensação deve-se ao efeito giroscópico em que um objeto em rotação sempre tem a tendência de manter seu eixo de rotação apontado para uma mesma direção. Quanto maior for a velocidade de rotação do objeto, maior será a estabilidade de giro do sistema e isso dificultará sua inclinação. A grandeza física envolvida no efeito giroscópico é o momento angular e sua conservação.

Nas curvas, os pilotos de otovelocidade enfrentam o efeito giroscópico
Nas curvas, os pilotos de otovelocidade enfrentam o efeito giroscópico

Esse efeito é o que prova a maior facilidade de manter-se sobre uma bicicleta em movimento que parada. No momento de fazer curvas, os pilotos de motovelocidade enfrentam dificuldades impostas por esse efeito, e uma das soluções encontradas pelos fabricantes das motos é a inversão entre os sentidos de rotação da roda e do eixo de transmissão e, assim, o efeito giroscópico é amenizado.

* Crédito da imagem: LevanteMedia / Shutterstock

Tags Relacionadas

Assuntos Relacionados