Você está aqui Mundo Educação Física Magnetismo Formação da imagem no tubo de uma TV

Formação da imagem no tubo de uma TV

Formação da imagem no tubo de uma TV
A imagem da Televisão.

A formação da imagem no tubo de uma televisão é uma importante aplicação da força magnética que atua sobre uma carga elétrica em movimento. A imagem que se forma na tela da televisão, assim como no cinema, consiste em uma série de quadros construídos em curtos intervalos de tempo. É em razão da persistência da retina do olho humano que o cérebro interpreta as imagens de forma contínua. A imagem na televisão é formada por um feixe eletrônico que varre a tela do tudo de imagem. No cinema o processo de formação das imagens ocorre de forma contrária ao processo que ocorre nas televisões. A formação das imagens consiste em fotografias diferentes uma das outras, que ao serem movimentadas em alta velocidade acabam por formar a imagem que o cérebro humano capta.

O tubo de uma televisão é constituído das seguintes partes:

• O canhão eletrônico fica situado na parte externa posterior ao tudo. Esse é um dispositivo que emite feixes de elétrons, os quais são acelerados través de uma tensão de milhares de volts;
• Um par de bobinas que gera um campo magnético tanto na horizontal quanto na vertical. Ao passar pelas bobinas os feixes de elétrons sofrem deflexão horizontal e vertical em razão da força exercida pelo campo magnético;
• A tela é onde são formadas as imagens. Ela é coberta por um material fluorescente e é atingida pelo feixe de elétrons após serem defletidos pelos campos magnéticos.

Ao atingir a tela, os elétrons produzem uma mancha luminosa em cada ponto que eles atingem. Os campos magnéticos das bobinas, os quais defletem os elétrons, mudam periodicamente de sentido de forma a fazer com que os elétrons percorram, em alta velocidade, toda a tela, da esquerda para a direita e de cima para baixo. Se a TV não estiver sintonizada em nenhum canal a varredura acontece de forma contínua, dando origem a um brilho uniforme na tela da TV. Ao sintonizar um canal, os sinais que são captados pela antena modificam a varredura fazendo com que certos pontos fiquem mais claros em relação a outros, formando assim a imagem que vemos.

A cor da imagem que aparece na televisão é determinada pelo material fluorescente que reveste a tela. Esse material pode ser preto e branco como também verde e branco, azul e branco ou vermelho e branco. Em uma TV em cores o tubo possui três canhões eletrônicos, um para cada cor primária da luz (verde, azul e vermelho), é como se fossem três tubos. A tela por sua vez, é composta por inúmeros pontos triplos, fosforescente, que emitem luz ao serem atingidos pelos feixes de elétrons.

Assuntos Relacionados