Você está aqui Mundo Educação Física Mecânica Manômetro e Barômetro

Manômetro e Barômetro

Manômetro e Barômetro
Manômetro utilizado para medir a pressão de óleo de uma máquina ou veículo.

O conceito de pressão está diretamente ligado à força e à área. Vamos considerar uma superfície de área A, sobre a qual se distribui perpendicularmente um sistema de forças cuja resultante é F. Podemos definir pressão na superfície como sendo a relação entre a intensidade da força atuante F e a área A da superfície.

Algumas indústrias, ou até mesmo automóveis, fazem uso de instrumentos para medir a pressão, seja ela a pressão de ar nos pneus dos carros, pressão de óleo do motor de um caminhão, etc. Os aparelhos que usamos para medir a pressão são basicamente de dois tipos: o Manômetro e o Barômetro.

Manômetro

O manômetro é mais usado nas medições de pressão de um fluido, líquido ou gás. Podemos ver na figura abaixo um tipo básico de manômetro. Esse tipo pode realizar a medida da pressão de um determinado gás.

Tipo de manômetro usado para medir a pressão de um fluido.
Tipo de manômetro usado para medir a pressão de um fluido.

Partindo do princípio do teorema de Stevin, podemos deduzir que a pressão no ponto 1 é igual à pressão no ponto 2. Assim, temos:

P1 = P2

De acordo com a figura acima, temos:

P1 = Patm + µ.g.h

Então:      Pgás = Patm + Phid

Engenheiros hidráulicos fazem uso desse tipo de aparelho. Eles utilizam o manômetro com a finalidade de realizar medidas de diferença de pressão entre pontos de um líquido contido em uma tubulação.

Barômetro

O barômetro é um aparelho inventado pelo físico Torricelli. O barômetro é mais utilizado para medidas de pressão atmosférica. Sabemos que essas medidas têm muita importância, pois estão diretamente relacionadas com a obtenção das previsões meteorológicas. Fazendo uso desse instrumento, o físico Torricelli conseguiu obter, através de experimentos, o valor de 76 cmHg para a pressão atmosférica ao nível do mar.

A medida da pressão atmosférica medida por Torricelli

Ele utilizou um tubo de vidro de comprimento de um metro. Esse tubo era fechado em uma de suas extremidades, então Torricelli colocou mercúrio em seu interior. Tampando a extremidade aberta, ele mergulhou o tubo em uma vasilha contendo mercúrio. Ao destampar a extremidade aberta, ele verificou que a coluna líquida havia descido. Medindo o comprimento da coluna líquida, ele verificou que a altura era de 76 cm acima do nível do mercúrio contido na vasilha.

Após realizar o experimento, ele pôde então concluir que a pressão atmosférica que estava atuando na superfície do líquido contido na vasilha estava equilibrando a coluna de mercúrio. Dessa forma, foi possível afirmar que o valor da pressão atmosférica é equivalente à pressão exercida por uma coluna de mercúrio de 76 cm de altura.

O mesmo experimento foi realizado também por Pascal, mas ele percebeu que a altura da coluna de mercúrio equilibrada pela pressão atmosférica era um pouco menor que a obtida por Torricelli.

Por Domiciano Corrêa Marques da Silva
Graduado em Física

Assuntos Relacionados