Você está aqui Mundo Educação Física Ondulatória

Ondulatória

A Ondulatória é a parte da Física responsável por estudar as características e propriedades dos movimentos das ondas.

Ondulatória
As ondas são perturbações capazes de transportar energia

Podemos classificar como uma onda qualquer perturbação ou vibração em um meio específico. As ondas produzem diversos movimentos, já que elas são formas de transmissão de energia (mecânica ou eletromagnética), como o movimento que ocorre quando lançamos uma pedra dentro de um rio.
Chamamos de Ondulatória a parte da Física que é responsável por estudar as características e propriedades em comum dos movimentos das ondas.
A onda não é capaz de originar-se sozinha, visto que ela apenas faz a transferência de energia cinética de uma fonte. Portanto, fonte é o objeto ou meio que pode criar uma onda.
As ondas podem ser classificadas segundo a natureza, o tipo de vibração e quanto à direção da propagação.
Quanto à natureza:

- Ondas mecânicas: Necessitam de um meio natural para propagar-se. Ex: ondas sonoras.

- Ondas eletromagnéticas: Não precisam de um meio natural para propagar-se. Ex: raio-x, ondas de rádio, luz, etc.

Quanto à direção de vibração:

- Ondas transversais: Vibram perpendicularmente à propagação. Ex: Ondas do mar, ondas em cordas.

- Ondas longitudinais: Vibram de acordo com a propagação. Ex: Ondas sonoras.

Quanto à direção de propagação:

- Unidimensionais: Propagam-se em apenas uma direção. Ex: onda de uma corda.

- Bidirecionais: Propagam-se em até duas direções. Ex: onda provocada pela queda de algum material na água.

- Tridimensionais: Propagam-se em todas as direções. Ex: ondas sonoras.

Características das ondas

- Frequência: Representa o grau de oscilação dos pontos do meio no qual a onda propaga-se. A frequência de uma onda é medida em Hz (hertz), que equivale a 1 segundo. Portanto, se a frequência é de 75 Hz, podemos afirmar que a onda oscila 75 vezes por segundo. Outro fator importante é que o valor da frequência sempre é igual ao valor da fonte.

- Período: É o tempo que a fonte precisa para gerar uma onda completa. Relacionando a frequência (f) com o período (T), temos a seguinte equação:

- Comprimento da onda: É o tamanho da onda. Esse comprimento pode ser medido de crista a crista (parte mais alta da onda), do início ao fim, ou de vale a vale (parte mais baixa da onda). A crista da onda é denominada pela letra grega lambda (λ).

- Velocidade: É a velocidade que a onda leva para propagar-se. Para calcular a velocidade, temos a seguinte equação:

- Amplitude: É a distância entre a parte mais baixa (vale) e a parte mais alta (crista) da onda, ou seja, a “altura” da onda.

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Tags Relacionadas

Artigos de "Ondulatória"