Você está aqui Mundo Educação Física Eletricidade Processos de Eletrização

Processos de Eletrização

Existem três processos de eletrização: eletrização por atrito, eletrização por contato e eletrização por indução.

Todos os corpos ou matérias são constituídos por átomos, e estes são formados por partículas menores denominadas elétrons, prótons e nêutrons.

Prótons e elétrons possuem carga elétrica de mesma intensidade (valor), mas de sinais contrários, em que o próton é a carga positiva e o elétron, a carga negativa.

No átomo em seu estado natural não existe uma predominância de carga elétrica, por que o número de prótons é igual ao número de elétrons, o que o torna neutro. No entanto, quando ele perde ou ganha elétrons dizemos que está eletrizado.

Corpo eletrizado positivamente
Quando um corpo possui uma maior quantidade de cargas positivas, dizemos que perdeu elétrons, e por isso está eletrizado positivamente.
Obs.: Um corpo nunca ganha prótons, porque está localizado na parte central do núcleo do átomo.

Corpo eletrizado negativamente
É quando um corpo possui mais cargas negativas que positivas, ou seja, quando ganha elétrons.

Atração dos corpos
Quando partículas estão eletrizadas com cargas de sinais contrários, se atraem.


Atração

Repulsão dos corpos
Quando partículas estão eletrizadas com cargas de sinais iguais, se repelem.


Repulsão

Processos de Eletrização

Eletrização por atrito
Quando dois corpos inicialmente neutros são atritados, se eletrizam e, em virtude do atrito ocasionado, um corpo ficará com carga positiva e o outro com carga negativa.


Processo de eletrização por atrito ente o vidro e a lã

Eletrização por contato
Quando dois corpos (um eletrizado e outro inicialmente neutro) entram em contato, o corpo neutro fica com a mesma carga do eletrizado.


Processo de Eletrização por contato

Eletrização por indução 
É quando a eletrização de um corpo inicialmente neutro (induzido) acontece por simples aproximação de um corpo carregado (indutor), sem que haja contato entre os corpos. O induzido deve estar ligado a Terra ou a um corpo maior que possa lhe fornecer elétrons ou que dele os receba num fluxo provocado pela presença do indutor.


Processo de eletrização por indução

 

Por Talita A. Anjos
Graduada em Física
Equipe Mundo Educação

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados