Você está aqui Mundo Educação Física Ondulatória Reflexão, refração e difração das ondas

Reflexão, refração e difração das ondas

Ondas são perturbações geradas no espaço que são capazes apenas de transportar energia. Qualquer desses tipos de fenômenos ondulatórios pode sofrer reflexão, difração ou refração.

Reflexão, refração e difração das ondas
Todos os tipos de ondas podem sofrer reflexão, refração e difração

As ondas são movimentos causados em sistemas, que são provocados por perturbações ocorridas sobre o meio. Uma onda não possui a capacidade de transportar matéria, apenas pode transportar energia.

Nosso cotidiano está repleto de fenômenos e tecnologias que funcionam por meio de princípios da ondulatória. Transmissões via rádio e via satélite, Wi-Fi, micro-ondas, ecolocalização, etc., são algumas aplicações das ondas.

Fenômenos ondulatórios

Qualquer que seja o tipo de onda, ela está sujeita aos fenômenos da reflexão, refração e difração. A seguir, fizemos breves descrições desses três fenômenos:

  • Reflexão: Ocorrerá reflexão sempre que uma onda atingir determinada superfície e voltar a propagar-se no meio de origem. A onda refletida manterá a velocidade, frequência e comprimento de onda iguais aos da onda incidente.

  • Refração: Ocorre refração quando a onda muda seu meio de propagação. A luz do Sol, por exemplo, vem da estrela através do vácuo e sofre refração ao entrar na atmosfera terrestre. Na refração, a velocidade de propagação da onda será alterada, pois a mudança de meio gera mudança no comprimento de onda. A frequência das ondas, por depender da fonte geradora, não é alterada na refração.

O simulador interativo abaixo pode auxiliar no estudo da reflexão e refração das ondas. Ele mostra a relação entre os ângulos de reflexão e refração, bem como as intensidades dos raios de luz após sofrerem esses fenômenos.

  • Difração: A difração trata da capacidade das ondas de contornar obstáculos.

Observe que, ao atingirem a fenda, as ondas que se propagavam na água contornaram o obstáculo e chegaram até o lado oposto dele, porém, com o formato circular. O tamanho da fenda em relação ao comprimento de onda das ondas influencia na ocorrência do fenômeno, assim, quanto maior for o comprimento de onda em relação à fenda, mais intensa será a difração.

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Tags Relacionadas

Assuntos Relacionados