Commodities

As commodities são elementos de vital importância no que se refere ao funcionamento da economia, tanto em termos locais quanto em nível global.

Commodities
As commodities envolvem, geralmente, matérias-primas

As commodities – ou commodity, no singular – é uma expressão do inglês que se difundiu no linguajar econômico para fazer referência a um determinado bem ou produto de origem primária comercializado nas bolsas de mercadorias e valores de todo o mundo e que possui um grande valor comercial e estratégico. Geralmente, trata-se de recursos minerais, vegetais ou agrícolas, tais como o petróleo, o carvão mineral, a soja, a cana-de-açúcar e outros.

Esses produtos, em grande parte, influenciam o comportamento de determinados setores econômicos ou até da economia como um todo. Isso significa que as oscilações em seus preços influenciam outras atividades, como a industrial e também o comércio, que contarão com matérias-primas mais caras ou mais baratas para a produção e comercialização de suas mercadorias. Um exemplo disso foram as altas sucessivas do petróleo nos anos 1970 motivadas por razões políticas e que geraram uma profunda crise estrutural no cerne do sistema capitalista.

Quando uma determinada matéria-prima ou mercadoria é considerada como uma commodity, ela passa a ter o seu preço gerido não pelo valor estipulado na produção, mas sim pela sua cotação no mercado, geralmente nas grandes bolsas de valores.

Assim, se o preço do algodão elevar-se no mercado externo por escassez na produção mundial, o Brasil, por exemplo, mesmo que o produza muito, verá os seus preços elevados, principalmente para a exportação. Consequentemente, o mercado interno, nesse caso, também será afetado, pois a maioria dos produtores preferirá exportar, provocando uma alta nos preços internos conforme a menor oferta do produto. Com isso, os produtos derivados sofrerão um rápido aumento que, muitas vezes, não é compreendido pelo consumidor, haja vista que foi motivado pela dinâmica econômica internacional, de cunho globalizado.

Outra importância das commodities é no andamento do desempenho da economia de um país. Algumas economias, sobretudo de países subdesenvolvidos, dependem muito de uma cotação elevada nas commodities, pois centram-se muito na exportação de tais produtos. Assim, quando ocorre uma crise conjuntural ou estrutural, esses países sentem muito, pois as exportações caem e a economia local entra em choque. Por outro lado, países que importam e exportam commodities, tais como o Brasil, também sentem muito as oscilações de seus preços, pois necessitam delas para abastecer sua dinâmica industrial e comercial e também para a venda no mercado externo, no sentido de manter fortalecido o seu setor primário.

Portanto, compreender um termo básico da economia como esse é importante para entender também o funcionamento do panorama comercial e produtivo do país e do mundo. Manter-se atento às cotações de seus preços é de vital necessidade tanto para a população quanto para os economistas, mas principalmente para aqueles que atuam na produção, transformação e distribuição de mercadorias.

Assuntos Relacionados