Você está aqui Mundo Educação Geografia Geografia Física Constelações

Constelações

Constelações
Constelação Órion conhecida como Três Marias

Constelação é um conjunto de estrelas visíveis que estão numa mesma posição. Antigamente, os astrônomos acreditavam que as constelações formavam figuras de animais, pessoas e objetos, o que os incentivou a nomeá-las.

Conhecer o céu e a posição das estrelas antigamente era muito importante para a vida, pois utilizavam o céu na navegação como pontos de localização e na agricultura para perceber as mudanças das estações do ano.

No ano de 140, o astrônomo egípcio Ptolomeu determinou pela primeira vez o zodíaco. O zodíaco é uma faixa imaginária que designa a criação do sistema solar e é formado por constelações zodiacais. Estas são cortadas pelo caminho solar, pelo movimento de translação que a Terra exerce que pode ser visto tanto no hemisfério norte quanto no hemisfério sul.

As constelações Boreais que são vistas apenas no hemisfério norte e as constelações Austrais que são vistas somente no hemisfério sul são caracterizadas de acordo com o hemisfério que as visualizam.

Nos dias atuais, as constelações não possuem tanta importância como antigamente, já que não mais necessitamos das mesmas para a sobrevivência. Hoje, as constelações são utilizadas como identificadoras de direção e para o reconhecimento do céu em análises espaciais. Em 1930, o céu estrelado foi dividido de forma geométrica em 88 constelações a fim de facilitar suas identificações. Algumas que já eram conhecidas desde antigamente preservaram os nomes dados pelos antigos.

No Brasil, a constelação mais popular é a Constelação de Órion ou parte dela, mais conhecida como Três Marias. As Três Marias representam o centro desta constelação e ao localizá-las pode-se facilmente visualizar toda a constelação.

Assuntos Relacionados

Comentários