Ecoturismo
Tirolesa é uma das aventuras do ecoturismo

O turismo é um importante segmento da economia mundial, além de ser uma forma de conhecer novos lugares, proporcionando momentos de lazer aos visitantes. O processo de globalização promoveu (e ainda promove) a expansão desse setor, que está se diversificando para atrair cada vez mais seguidores. Nesse sentido, uma modalidade que tem se destacado é o turismo ambiental, também chamado de ecoturismo.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), “o ecoturismo é um segmento da atividade turística que utiliza de forma sustentável o patrimônio natural, cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista através da interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações envolvidas”.

Portanto, essa vertente do turismo tem por objetivo atingir os princípios fundamentais do desenvolvimento sustentável, em que a “exploração” dos elementos naturais ocorre de forma consciente e ecologicamente correta. A principal diferença em relação ao chamado “turismo comum” é que no ecoturismo os praticantes têm um contato direto com a natureza, despertando a consciência ambiental e a valorização do meio ambiente.

O ecoturismo atrai cada vez mais adeptos. Essas pessoas visam sair da rotina estressante dos núcleos urbanos, satisfazendo suas necessidades de repouso, diversão, reflexão, recreação, aventura, entre outros momentos de prazer que a natureza pode oferecer. Existe uma grande variedade de atividades no ecoturismo, sendo que todas as faixas etárias podem participar de algumas delas.

A observação da fauna e da flora de um parque ou uma palestra sobre educação ambiental, por exemplo, caracterizam atividades do turismo ambiental. Para os mais aventureiros são destinadas o boia-cross, arvorismo, tirolesa, canyoning, trekking, rafting, asa-delta, balonismo, cicloturismo, trilhas ecológicas, mergulhos, entre outros.

Graças à grande extensão territorial, riqueza ecológica, além do grande patrimônio histórico-cultural, o Brasil é um dos principais destinos para quem pretende praticar o ecoturismo. Esse fato é constatado pelo crescimento dessa vertente no país se comparada à média mundial: no Brasil, o ecoturismo apresenta expansão de 30% ao ano, já a média mundial é de 8% ao ano.

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia

Assuntos Relacionados