La Niña
Período no qual se desenvolve o fenômeno La Niña.
O fenômeno La Niña ocorre de forma natural e possui características que contrapõe ao El Niño. A La Niña se desenvolve a partir do resfriamento excepcional das águas do Oceano Pacífico.

O fenômeno em questão acontece em períodos que variam entre 2 e 7 anos e possui duração de cerca de um ano, o La Niña já foi identificado nos anos de 1950/51, 1954/55/56, 1964/65, 1970/71, 1973/74/75/76, 1983/84, 1984/85, 1988/89, 1995/96, 1998/99.

No ano de 1998, pesquisadores identificaram que a temperatura das águas equatoriais do Oceano Pacífico havia sofrido uma queda de aproximadamente 1,9ºC.

Com a ocorrência desse fenômeno vários climas são atingidos, assim como diversos países. No Brasil, em 1998, o La Niña provocou alterações, sobretudo na quantidade de chuvas, no Sudeste provocou um aumento de precipitação que fugiu do padrão de normalidade.

Nos países do hemisfério Norte, como os Estados Unidos, as temperaturas atingiram índices recordes, naquele ano o inverno foi extremamente frio e rigoroso.

No continente europeu todos puderam presenciar a grande incidência de neve ao longo de praticamente todo continente, isso aconteceu até mesmo em lugares que raramente acontece, como Paris.

Algumas pesquisas revelam que o fenômeno La Niña não produz conseqüência uniforme, dessa forma pode apresentar oscilações de incidência de chuvas no sentido de aumento ou de diminuição da mesma.

Assuntos Relacionados