Você está aqui Mundo Educação Geografia Países População da Índia

População da Índia

A população da Índia é a segunda maior do mundo, podendo tornar-se a primeira em algumas décadas.

População da Índia
A população da Índia torna o país um verdadeiro formigueiro humano

Atualmente, a Índia possui a segunda maior população do mundo, ultrapassando a marca de 1 bilhão e 200 milhões de habitantes. Não obstante, as estimativas são de que, até 2035, esse país ultrapasse a China e assuma a liderança demográfica mundial.

A população indiana representa, atualmente, cerca de 15% dos habitantes de todo o planeta, registrando um crescimento demográfico médio de 1,3% ao ano (contra os 0,6% registrado pela China anualmente). Tal crescimento é resultado das políticas de controle das taxas de mortalidade no país, que decrescem desde os anos 1960. Considerando apenas os anos 2000, a população indiana cresceu em 180 milhões de habitantes.

Em virtude do rápido crescimento populacional, apesar da queda nas taxas de crescimento nas últimas décadas, ocorrem muitos abortos e infanticídios com crianças do sexo feminino. Isso porque parte da população teme que o número elevado de mulheres seja responsável pelo aumento descontrolado do número de habitantes.

A composição étnica da Índia é bastante heterogênea, existindo um grande número de agrupamentos culturais, o que caracteriza a grande diversidade e miscigenação existente nesse país. A única região do mundo com uma diversidade étnico-cultural maior do que a dos indianos é o continente africano.

Apesar dessa pluralidade, há três principais denominações culturais que fazem parte do território desse país: os Hindus (com mais de 70% da população), os Drávidas (com 25%) e os Mongóis (que juntamente a outras etnias compõem 3% dos habitantes).

Como resultado dessa miscigenação, existem no país 18 idiomas oficiais, dos quais os principais são o Inglês (utilizado para negócios comerciais e burocráticos) e o Hindi (falado por 30% da população).

No campo religioso, a maior parte da população pratica o hinduísmo, com cerca de 80% dos habitantes do país, enquanto 13% são muçulmanos, o que corresponde a mais ou menos 155 milhões de pessoas e torna a Índia o terceiro maior país islâmico do mundo. Entre as outras diversas religiões minoritárias, encontram-se os cristãos, com cerca de 2% do número de habitantes, e os sikhs, também com 2%.

O Índice de Desenvolvimento Humano da Índia divulgado em 2012 não é dos mais animadores. Com apenas 0,554, o país ocupa apenas a 136º posição mundial. Apesar dos elevados crescimentos econômicos que o país vem registrando, o poder não consegue reverter esse crescimento em qualidade de vida e distribuição de renda. O resultado é o elevado índice de pobreza, 35% dos indianos vivem com menos de 1 dólar por dia. A expectativa de vida é de 63,5 anos apenas e mais de 200 milhões de habitantes encontram-se em quadro de pobreza crônica.

Mulheres habitando uma região pobre da cidade de Mumbai
Mulheres habitando uma região pobre da cidade de Mumbai¹

Ao visualizar esses dados, nota-se a terrível herança colonial herdada pelo país, o que, somado à condição de dependência e subdesenvolvimento, torna as condições de vida extremamente desfavoráveis. Dessa forma, podemos observar que, seguindo o ritmo dos países emergentes, como o Brasil e a China, mais do que o crescimento econômico, é preciso ampliar o desenvolvimento social.

________________________

¹ Créditos da imagem: Malgorzata Kistryn e Shutterstock

Assuntos Relacionados