Pré-sal

Pré-sal é um conjunto de rochas nas porções marinhas do litoral brasileiro com potencial para a geração e acúmulo de petróleo e gás natural.

O termo pré-sal é utilizado para caracterizar um conjunto de rochas nas porções marinhas do litoral brasileiro, com potencial para a geração e acúmulo de petróleo e gás natural. Essas rochas estão localizadas abaixo de camadas de sal, podendo atingir mais de 7 mil metros de profundidade abaixo do nível do mar. É uma camada de aproximadamente 800 Km de extensão por 200 Km de largura, que vai do litoral de Santa Catarina ao litoral do Espírito Santo.


Camada pré-sal

O petróleo encontrado nessa área engloba três bacias sedimentares (Santos, Campos e Espírito Santo), a capacidade estimulada da reserva pode proporcionar ao Brasil a condição de exportador de petróleo. Vários poços de petróleo e gás natural já foram descobertos na camada pré-sal, entre eles estão o Tupi, Guará, Bem te vi, Carioca, Júpiter e Iara.

O volume de petróleo na cama pré-sal é expressivo, o poço de Tupi, na Bacia de Santos, tem volumes estimados entre 5 e 8 bilhões de barris de óleo equivalente (óleo mais gás). Já o poço de Guará, também na Bacia de Santos, tem volumes de 1,1 a 2 bilhões de barris de petróleo leve e gás natural.


A busca pelo ouro negro

A exploração de petróleo na camada pré-sal proporcionará à Petrobras (Petróleo Brasileiro S/A) uma posição de destaque entre as grandes companhias operadoras mundiais, pois terá desenvolvido tecnologia e pessoal qualificado.

Conforme o diretor geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Haroldo Borges Rodrigues Lima, as explorações de petróleo da camada pré-sal irão triplicar a produção de petróleo e gás natural do Brasil, a expectativa é que alcance a marca de 50 bilhões de barris. As estimativas para a produção em grande escala são para 2013.

Assuntos Relacionados