Savanas

Savanas: tipo de vegetação típica de médias latitudes e clima tropical, que se adapta ao período de estiagem e possui diversas formações vegetais.

Savanas
A vegetação da savana apresenta arbustos, árvores de pequeno porte e plantas rasteiras

A savana é um tipo de vegetação que ocorre em latitudes médias e, habitualmente, em regiões de clima tropical com período de estiagem prolongada e em solos pobres e ácidos. Essas formações vegetais são constituídas por arbustos, gramíneas e árvores de pequeno porte.

Características gerais

As savanas apresentam tanto formações arbustivas quanto formações arbóreas. As árvores da savana apresentam raízes profundas, folhas grossas e troncos retorcidos. Essas características permitem que essa vegetação seja resistente ao período de estiagem típico do clima em que está localizada.

As raízes profundas possibilitam a obtenção de água do lençol freático durante o período de seca. Como mecanismo de adaptação a esse período, as árvores e arbustos costumam perder suas folhas para diminuir a necessidade de água. Vegetações como essas são chamadas de caducifólias: as folhas caducam, ou seja, caem na chegada do período de estiagem e renascem assim que se inicia o período de chuvas.

Tipos de savana

Como a savana é um tipo de vegetação presente em várias regiões do mundo, que, evidentemente, apresentam características físicas distintas (clima, relevo, presença ou não de rios, proximidade com o mar etc.), essa vegetação também possui características próprias que a distinguem.

Usualmente, dividem-se as savanas em quatro formas distintas:

  • Savana típica (arbustiva): apresenta arbustos e árvores (arbórea) de até sete metros de altura com troncos e galhos retorcidos protegidos por casca espessa;

  • Savana florestada (arbórea): apresenta árvores de até 12 metros de altura e é mais fechada e densa que a savana típica. Está localizada, em geral, próximo de cursos d'água;

  • Savana arborizada: predomínio de vegetação herbácea (plantas de caule macio ou maleável, normalmente rasteiro), principalmente gramíneas, e pequenas árvores e arbustos bastante espaçados entre si;

  • Savana gramíneo-lenhosa: constituída por uma vegetação herbácea, as árvores são raras ou inexistentes.

A savana do tipo gramíneo-lenhosa apresenta vegetação rasteira e as árvores são escassas ou inexistentes
A savana do tipo gramíneo-lenhosa apresenta vegetação rasteira e as árvores são escassas ou inexistentes

Localização

Há a presença de savanas na América do Sul, África, Oceania e Ásia. A savana é considerada o quarto maior bioma mundial em área, com cerca de 15 milhões de km2, que correspondem a cerca de 33% da superfície continental da Terra, 40% da faixa tropical e abriga 20% da população mundial.

Chapada dos Veadeiros – Goiás. O Cerrado brasileiro também é um tipo de Savana
Chapada dos Veadeiros – Goiás. O Cerrado brasileiro também é um tipo de Savana

Na América do Sul, a savana é o segundo maior tipo de vegetação em extensão, perdendo apenas para a Floresta Amazônica. No entanto, não é consensual quais são os tipos de vegetação que compõem a savana no continente sul-americano. O mais aceito é considerar como savana o Cerrado brasileiro, os Llanos venezuelanos e colombianos do rio Orinoco e os Llanos de Mojos da Bolívia.

Tags Relacionadas

Assuntos Relacionados

Comentários