Concordância Nominal

Na concordância nominal os modificadores do substantivo (artigo, pronome, numeral, adjetivo) concordam em gênero (masculino e feminino) e número (singular e plural) com o substantivo.

As três amigas fiéis foram ao shopping.

Observe que o artigo “as”, o numeral “três” e o adjetivo “fiéis” concordam em gênero (feminino) e número (plural) com o substantivo “amigas”.

Observe alguns casos especiais.

a) Se o adjetivo vier depois de dois ou mais substantivos de gêneros diferentes, concordará com o substantivo mais próximo ou ficará no masculino plural.

Este texto está com conteúdo e imagem distorcida. OU
Este texto está com conteúdo e imagem distorcidos.

b) Se o adjetivo vier antes de dois ou mais substantivos, concordará com o mais próximo.

Está desligada televisão e microondas na cozinha.

c) Os termos: anexo, obrigado, incluso, próprio concordam com o substantivo.

Segue anexo à pasta o relatório da equipe.
O professor diz: Muito obrigado! A professora diz: Muito obrigada!

d) Os termos: meio, bastante, muito, caro, barato, só concordam com o substantivo.

Você está hoje?
Tenho bastantes exames para fazer.
Esse colchão está muito caro.
Quantas horas? É meio-dia e meia. (meia hora)

Contudo, se os mesmos termos exercem função de advérbio, são invariáveis.

Ele quer ir se for hoje.
Eles estão meio tristes, porém, ficarão melhores quando souberem.
Eles ficaram bastante animados.
Você achou que este colchão está caro?

e) As palavras: proibido, necessário, permitido, bom, quando precedidas de artigo, o adjetivo concordará em gênero com o substantivo:

A entrada é proibida.
A apresentação da carteira é necessária.
A torta está muito boa.

Entretanto, se o substantivo tiver sentido genérico, o adjetivo permanece invariável.

É proibido fumar!
Fumar não é bom para a saúde!

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Artigos de "Concordância Nominal"