Você está aqui Mundo Educação Gramática Divisões da Gramática

Divisões da Gramática

Divisões da Gramática
Tendo em vista a natureza dos fatos linguísticos, a gramática apresenta divisões específicas

Há muito estabelecemos familiaridade com a gramática, ampliamos nossos conhecimentos acerca dos fatos linguísticos, bem como aperfeiçoamos cada vez mais nossa competência enquanto usuários deste nobre sistema que nos pertence – a língua portuguesa.

Dada essa realidade, aprendemos e apreendemos. Porém, muitas vezes desconhecemos acerca da competência dos verdadeiros “responsáveis” por nos apresentar tão importantes conceitos. Dessa forma, falaremos agora um pouco das divisões atribuídas à gramática.

Assim, aqueles assuntos em que você estuda sobre os fonemas, sílabas, pronúncia (ortoepia e prosódia), bem como sobre as regras ortográficas, são de competência de uma importante parte denominada Fonologia. 

Os substantivos, adjetivos, pronomes, numerais, e as demais classes gramaticais, ficam a cargo da Morfologia. Tal fato parece ganhar ainda mais notoriedade à medida que analisamos o radical “-morfo-” cuja significância se refere à forma propriamente dita; associado a outro radical, retratado por “-logia”, cujo sentido faz referência ao estudo, conhecimento. Dessa maneira, temos: estudo da forma = morfologia. 

As relações que se estabelecem entre as palavras, levando em consideração a função que elas desempenham dentro de um dado contexto oracional, ficam a cargo da Sintaxe. Assim, não é por acaso que estudamos a sintaxe de concordância, sintaxe de regência e a sintaxe de colocação.

Assuntos Relacionados