Locuções conjuntivas

Locuções conjuntivas são expressões formadas por duas ou mais palavras que têm função de conjunção. São classificadas em coordenativas e subordinativas.

Locuções conjuntivas
As locuções conjuntivas são expressões formadas por duas ou mais palavras que têm função de conjunção

Locuções conjuntivas são duas ou mais palavras que, juntas, têm função de conjunção. Grande parte das locuções conjuntivas é formada por advérbios, preposições e particípios seguidos da conjunção “que”.

Observe alguns exemplos de locuções conjuntivas:

  • Já que

  • Uma vez que

  • Ainda que

  • Por mais que

  • Sem que

  • Posto que

  • Visto que

Classificação das locuções conjuntivas

As locuções conjuntivas podem ser classificadas em:

  • Coordenativas: ligam orações de mesmo valor sintático (orações independentes umas das outras);

  • Subordinativas: relacionam orações estabelecendo uma relação de dependência sintática entre elas.

Locuções conjuntivas coordenativas

As locuções conjuntivas coordenativas recebem a mesma classificação das conjunções coordenativas. Veja:

⇒ Locuções coordenativas aditivas

Expressam soma: mas ainda, mas também, e nem.

Exemplo: Gosto de cerveja, mas também de vinho.

⇒ Locuções coordenativas adversativas

Expressam oposição: não obstante, no entanto.

Exemplo: Preciso de um novo celular, no entanto, não posso gastar dinheiro agora.

⇒ Locuções coordenativas alternativas

Expressam alternância: já…, já…, ou…, ou…, ora…, ora…, quer…, quer.

Exemplo: Ou você me entrega as chaves, ou eu chamo a polícia.

⇒ Locuções coordenativas conclusivas

Expressam conclusão: por conseguinte, por isso.

Exemplo: Você faltou cinco dias de trabalho, por conseguinte, está demitido.

⇒ Locuções coordenativas explicativas

Expressam explicação: isso porque, dessa forma.

Exemplo: Tirei nota baixa na prova de matemática, isso porque não consegui estudar ontem.

Locuções conjuntivas subordinativas

As locuções conjuntivas subordinativas recebem a mesma classificação das conjunções subordinativas. Veja:

⇒ Locuções subordinativas causais

Expressam causa: por isso que, já que, uma vez que, visto que, visto como.

Exemplo: Hoje é feriado em São Paulo, por isso que não estou conseguindo ser atendida.

⇒ Locuções subordinativas comparativas

Expressam comparação: (mais/menos/maior/menor/melhor/pior) do que, tal qual, tanto quanto, assim como, bem como, como se.

Exemplo: Gael é mais rápido do que Simone.

⇒ Locuções subordinativas concessivas

Expressam concessão: muito embora, ainda que, mesmo que, posto que, bem que, se bem que, apesar de que, nem que.

Exemplo: Ainda que eu repita mil vezes, você nunca entenderá.

⇒ Locuções subordinativas condicionais

Expressam condição: contanto que, salvo se, desde que, a menos que, a não ser que.

Exemplo: Desde que perdi minha mãe, nunca mais fui à igreja.

⇒ Locuções subordinativas conformativas

Expressam conformidade: em conformidade.

Exemplo: Em conformidade às leis municipais, o prazo para o pagamento é até o quinto dia útil do mês de janeiro.

⇒ Locuções subordinativas consecutivas

Expressam consequência: tanto que, tal que, de forma que, de maneira que, de modo que, de sorte que.

Exemplo: Ele fez tudo bem planejado, de modo que nunca pudesse desconfiar.

⇒ Locuções subordinativas finais

Expressam finalidade: para que, a fim de que, para que.

Exemplo: Joana reuniu a família a fim de que todos fossem comunicados juntos.

⇒ Locuções subordinativas proporcionais

Expressam proporcionalidade: à medida que, ao passo que, à proporção que, quanto mais/menos, tanto mais/menos.

Exemplo: À medida que envelhecemos, tornamo-nos menos ansiosos.

⇒ Locuções subordinativas temporais

Expressam ideia de tempo: antes que, depois que, até que, logo que, sempre que, assim que, desde que, todas as vezes que, cada vez que.

Exemplo: Ela trancou a porta antes que eu pudesse me explicar.

Leia também sobre as Locuções Adjetivas e Locução pronominal.

Tags Relacionadas

Assuntos Relacionados