Metonímia

A metonímia é uma figura de palavra que consiste na utilização de uma palavra no lugar de outra, com a qual se relaciona.

Metonímia
No exemplo acima, a palavra “mãos” representa as pessoas que concretizarão a obra. Esse recurso que toma a parte pelo todo é conhecido como metonímia

Observe as palavras destacadas nas orações a seguir:

- Meu pai tem duzentas cabeças de gado.

- O Superior Tribunal de Justiça ainda não julgou o habeas corpus.

Como você pode notar, em (1), foi utilizada a palavra “cabeça” para representar a quantidade de animais, ou seja, uma parte do corpo do animal representa-o por inteiro. Da mesma forma, em (2), o órgão público representa as pessoas que trabalham lá e que têm a função de julgar algo. Esse recurso estilístico é uma figura de palavra conhecida como metonímia. Assim, definimos que:

A metonímia é uma figura de linguagem que consiste na utilização de uma palavra no lugar de outra, devendo haver uma relação de sentido entre ambas.

Essa figura de linguagem, classificada como figura de palavra, ocorre quando tomamos:

a) o efeito pela causa

Ex.: Construiu sua casa com o suor do trabalho. (Com os recursos próprios)

b) a matéria-prima pelo objeto

Ex.: Presenteou-lhe com uma porcelana chinesa. (Com louças)

c) a parte pelo todo

Ex.: Pediu-lhe a mão em casamento. (Pediu a pessoa)

d) o autor pela obra

Ex.: Adoro o Renoir exposto no museu. (Adoro o quadro do pintor Renoir)

e) concreto pelo abstrato

Ex.: As militâncias lutavam pelos seus direitos. (As pessoas lutavam)

f) marca pelo produto

Ex.: Comprei um BMW. (Comprei um carro da marca BMW)

g) continente (recipiente) pelo conteúdo

Ex.: Acrescentamos três colheres de sal na receita. (Acrescentamos três colheres contendo sal)

h) singular pelo plural

Ex.: O brasileiro ama futebol. (Os brasileiros amam futebol.)

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados