Você está aqui Mundo Educação Inglês Cinco dicas para você não errar no inglês

Cinco dicas para você não errar no inglês

Existem alguns meios que podem nos livrar de armadilhas da língua inglesa. Tendo isso em vista, oferecemos cinco dicas para você não errar e subir de nível nesse idioma.

Cinco dicas para você não errar no inglês
Confira algumas dicas de vocabulário para seu inglês!

Quem nunca teve vontade de desistir de aprender inglês diante das primeiras dificuldades e contrastes da língua? Todos nós em algum momento de nossos estudos tivemos aquele ímpeto de desistir de tudo e dizer para nós mesmos que não somos capazes! Mas... acalme-se! Você é capaz sim! Não desista no começo, porque depois ficará cada vez mais fácil de assimilar esse novo idioma.

Para ajudar em momentos como esses, reunimos cinco dicas de como não errar no inglês! Confira nossa lista e afie seus estudos!

1- Jamais utilizar 'that' quando se referir a pessoa! Em inglês, usa-se SEMPRE 'who' quando nos referimos às pessoas. Veja o exemplo:

Certo: I just have friends who I can trust a lot. / Eu apenas tenho amigos em quem eu posso confiar.

Errado: I just have friends that I can trust a lot.

2- Não esqueça o 'for'. Em muitas frases, é comum ouvirmos brasileiros falarem sem o acréscimo do “for” em uma situação em que, na língua inglesa, ele é essencial. Tudo bem que a pessoa entenderá o que se está tentando dizer, mas você vai passar a impressão de que não domina o idioma. Veja o exemplo:

Certo: I cooked for my sister. / Eu cozinhei para minha irmã.

Errado: I cooked my sister. / Eu cozinhei minha irmã.

3- Fuja das traduções ao pé da letra! Muitas vezes temos a tendência de falar em inglês como falamos em português, e isso nos leva a erros, desde os mais engraçados a graves enganos. Veja o exemplo:

Certo: Take me that dress, please! / Pegue aquele vestido para mim, por favor.

Errado: See me that dress, please! / Me vê aquele vestido, por favor.

Lembre-se de que, em inglês, o verbo 'see' é usado apenas para ver. A expressão “me vê tal coisa”, no sentido de pegar, não tem nenhum significado para o inglês, simplesmente não faz sentido.

4- Não trocar o 'your' pelo 'her e pelo 'his'. Em português, não há diferença entre seu e sua quando nos referimos à segunda e terceira pessoa. Falamos sempre seu e sua para quem quer que seja. Podemos dizer “você vai para a praia com sua mãe” e também podemos dizer “ela/ele vai passear com sua mãe”. Em inglês, não é assim. Veja o exemplo:

Certo: She went to the theatre with her boyfriend. / Ela foi ao teatro com seu namorado.

Errado: She went to the theatre with your boyfriend. / Ela foi ao teatro com seu namorado.

A tradução para o português é a mesma, mas, no inglês, cada pessoa tem seu pronome possessivo: “your”, “his”, “her” ou “its”. Por isso, devemos tomar cuidado para não falar “your” para todas as pessoas.

5- Não troque o “Thank” por “Thanks”! Em inglês, quando agradecemos, podemos dizer 'Thank you' ou 'Thanks' sozinho. Não se usa a estrutura da palavra 'Thanks' acompanhada de outra palavra. Veja o exemplo:

Certo: Thank God! / Graças a Deus ou Obrigado, Deus!

Errado: Thanks God!

Assuntos Relacionados