Você está aqui Mundo Educação Japão

Japão

Publicado por: Rodolfo F. Alves Pena
O círculo vermelho na Bandeira do Japão representa o sol
O círculo vermelho na Bandeira do Japão representa o sol

O Japão é um país composto por um arquipélago situado no Oceano Pacífico e localizado no extremo leste do continente asiático. O território japonês possui uma área de 377.899 km², onde reside uma população de 127,3 milhões de pessoas. A densidade demográfica é de 336,8 habitantes para cada quilômetro quadrado.

♦ População do Japão

A população japonesa é uma das maiores do mundo, e sua densidade demográfica (número de habitantes por área) é também uma das mais elevadas. O Brasil, por exemplo, possui uma densidade demográfica que não ultrapassa os 24 hab./km². Essa elevada concentração de pessoas, somada ao fato de o Japão possuir uma grande quantidade de áreas inclinadas e montanhosas (onde não é possível a moradia), torna-se um grande problema para o país.

Embora a demografia seja considerada uma grande questão nacional, o crescimento vegetativo é negativo, ou seja, o Japão vem perdendo o seu número de habitantes em virtude das baixíssimas taxas de natalidade. Por outro lado, isso gera outro problema demográfico e econômico: o envelhecimento populacional, haja vista que as taxas de mortalidade são baixas e a expectativa de vida da população japonesa é uma das mais elevadas do mundo (83,6 anos). Com isso, o número de idosos e aposentados é elevadíssimo, o que ocasiona o surgimento de problemas de ordem previdenciária.

♦ Economia do Japão

Atualmente, o Japão possui a terceira maior economia do mundo, atrás dos Estados Unidos e da China, que o ultrapassou no início do século atual. Seu Produto Interno Bruto (PIB) nominal encontra-se na faixa de 5,6 trilhões de dólares, e a renda per capita é de 43000 dólares. O país, a partir da Segunda Guerra Mundial (quando sofreu com a derrota no conflito e a explosão das bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki), passou a crescer e a se desenvolver industrialmente, tornando sua economia cada vez mais complexa.

Baseado em um sistema produtivo flexível, o toyotista, o Japão alcançou um bom estágio de crescimento ao longo do século XX, crescendo em taxas superiores aos 5% por ano durante a década de 1970 e tornando-se a segunda maior economia do planeta. O país havia adotado uma linha de compressão do consumo e proteção estatal das grandes empresas. No entanto, a partir dos anos 1990, o modelo japonês de desenvolvimento entrou em crise, em razão de um colapso no sistema financeiro bancário e imobiliário, além do fato de o país ter permitido a associação entre bancos e conglomerados empresariais, o que diminuiu a livre concorrência e a eficiência econômica.

♦ Aspectos Naturais do Japão

Quanto aos aspectos naturais, é preciso destacar que o país é formado por um conjunto de ilhas vulcânicas – 3400 ao todo –, das quais se destacam quatro: Hokkaido, Honshu, Shikoku e Kyushu, que são maiores e concentram a maior parte dos habitantes. Em razão de seu tipo de formação geológica, o relevo japonês é muito acidentado e composto por um grande número de montanhas e vulcões, além da grande quantidade de terremotos que atingem o país. Isso se explica pelo fato de o território japonês encontrar-se na zona de choque entre duas placas tectônicas, em uma região conhecida como Círculo de Fogo no Pacífico. Em 2011, um dos frequentes terremotos atingiu uma área onde se encontrava a usina nuclear de Fukushima e ocasionou a formação de um tsunami, o que ocasionou um grave caso de emergência nuclear.

O clima japonês é profundamente marcado pelos efeitos da maritimidade e da latitude. Há dois tipos principais de clima: o Temperado Frio, ao norte, e o Subtropical, na região centro-sul. Em geral, o Japão possui um forte verão, com bastante umidade, além de um inverno rigoroso na maior parte do país.

A combinação de características naturais (relevo e clima) e dos fatores demográficos faz com que o Japão possua algumas das regiões mais habitadas do planeta, como a cidade de Tóquio (capital do país), que é a única atualmente classificada como metápole. Essa área é composta por várias cidades de entorno e abriga mais de 30 milhões de pessoas. A capital do país, além disso, também é considerada uma das principais cidades globais da atualidade e apresenta uma polaridade econômica que se estende por todo o mundo. Na área municipal de Tóquio, a densidade demográfica chega a incríveis 14 mil pessoas para cada quilômetro, o que explica a grande quantidade de prédios na cidade.

A capital Tóquio integra a megalópole mais povoada do planeta
A capital Tóquio integra a megalópole mais povoada do planeta

O Japão, embora se apresente em uma perspectiva de crise, é um dos principais países no cenário econômico global, além de ser uma referência internacional em educação e desenvolvimento científico, sendo um dos países líderes da Revolução Técnico-Científica-Informacional. Com o Brasil, o país possui fortes laços de amizade e proximidade diplomática, tanto pela intensa relação comercial entre ambos quanto pela grande quantidade de imigrantes japoneses e seus descendentes que residem em território brasileiro.

Brasileiros descendentes que migram para o Japão

Brasileiros descendentes que migram para o...

Brasileiros descendentes que migram para o Japão, A relação migratória entre...

Curiosidades do Japão

Curiosidades do Japão

Curiosidades do Japão, Samurai, Saquê, Hirgana, Katakana, Kanji, alfabeto japonês, glossário,...

Elementos japoneses que integram a cultura do Brasil

Elementos japoneses que integram a cultura...

Elementos japoneses que integram a cultura do Brasil, Contribuições japonesas para...

Emigração Japonesa

Emigração Japonesa

Emigração japonesa, movimento migratório japonês, século XIX, modernização da economia japonesa,...

Informações úteis sobre o Japão

Informações úteis sobre o Japão

Informações úteis sobre o Japão, Informações sobre o território do Japão,...

Música japonesa

Música japonesa

Música japonesa, As características da Música japonesa, A classificação da Música...