Bolsas de Valores

As bolsas de valores são responsáveis por gerir a venda e compra de ações de empresas que possuem capital aberto.

Bolsas de Valores
Investimentos na Bolsa: vantagens ou desvantagens?

As bolsas de valores constituem no principal mercado de negociação dos capitais abertos e outros produtos do meio financeiro. O sobe e desce dos índices percentuais preocupa os empresários e os acionistas e o próprio governo, pois o mau ou o bom funcionamento das bolsas reflete de forma positiva ou negativa na economia de um país ou até mesmo no mercado mundial. Mas afinal, qual é o papel das bolsas de valores?

Toda empresa precisa de capital (dinheiro) para realizar investimentos, uma boa alternativa constitui em recorrer aos bancos que emprestam o dinheiro sendo cobradas determinadas taxas de juros. Dependendo do valor, os bancos cobram juros altos tornando o empréstimo inacessível, impossibilitando o negócio. Quando uma empresa está diante de tal situação, a única forma é abrir seu capital no mercado de ações. As empresas podem ser limitadas (Ltda.) ou sociedade anônima (S.A.), quando uma empresa é limitada seu capital não é aberto, sendo as cotas pertencentes a uma pessoa ou a vários sócios. As sociedades anônimas são aquelas que suas cotas não pertencem a uma pessoa específica, ela está dividida em ações que podem ser transacionadas livremente.

As bolsas de valores possuem papel fundamental no momento em que uma empresa abre seu capital, pois é ela quem vai gerir todo o negócio de venda e compra de ações. As cotas são divididas e, estabelecendo o preço das ações, poderão ser lançadas e vendidas no mercado. Vendidas as ações e debitados os devidos impostos, todo o dinheiro vai para a empresa. A empresa deve se comprometer a resguardar parte do lucro para dividir individualmente com as pessoas detentoras das ações da empresa, sendo que quem compra as ações passa a ser acionista da instituição.

De posse das ações, os investidores procuram o melhor momento para vender suas ações ou comprar títulos de outras empresas. As bolsas regularizam tais negociações tornando-as seguras para quem compra e vende. Esse tipo de negócio possui vantagens e desvantagens, o sobe e desce dos índices podem gerar lucros ou prejuízos. O reflexo da bolsa em um determinado país consiste na seguinte situação, vamos supor um momento de crise econômica mundial: os bancos e investidores aplicam fortunas de olho no mercado mundial e no crescimento econômico, mas ao sentirem que o mercado está em crise os investidores começam a tirar o dinheiro do mercado, sem dinheiro as ações aumentam em quantidade e perdem valor, afetando diretamente o investidor e a própria empresa, que, dependendo da crise econômica, precisa cortar gastos e consequentemente demitir funcionários, aumentando os índices de desemprego. O mercado econômico é um ciclo bem complexo, uma atitude errada por parte do governo ou dos grandes investidores pode interromper o fluxo econômico mundial, provocando um efeito cascata.

Podemos dizer que a bolsa é a melhor opção para diagnosticar sinais de crise ou ótimos momentos de investimento em ações, títulos de capitalização, poupança, imóveis, negócios imobiliários e constituição do negócio próprio.

Assuntos Relacionados