Você está aqui Mundo Educação Química Curiosidades Químicas Destilação fracionada do ar

Destilação fracionada do ar

Destilação fracionada do ar
Argônio: componente do ar usado para proteger o filamento de lâmpadas.

Destilação fracionada é um método usado para separação de misturas homogêneas (conjunto de substâncias solúveis entre si). Exemplos de misturas homogêneas: petróleo, mistura de água e sal, água com álcool, líquidos miscíveis com pontos de fusão diferenciados, entre outras.

Todas estas misturas citadas podem ter seus componentes isolados através da Destilação fracionada, assim como o ar que respiramos. O ar atmosférico é uma mistura de vários gases, estes podem ser obtidos a partir de uma coluna de fracionamento que você passa a conhecer agora.

A obtenção dos principais componentes do ar constitui um método industrial, vejamos como este processo é possível:

- Primeiramente o ar seco é convertido em ar líquido através do resfriamento a - 200 °C;

- O ar liquefeito é então transferido para a coluna de fracionamento;

- Na coluna existem compartimentos com diferentes temperaturas onde cada componente é fracionado de acordo com sua T. E (temperatura de ebulição). Os produtos resultantes do processo são:

Oxigênio líquido (O2) T.E. = 183 °C

Gás Argônio (Ar) T.E. = 186 °C

Gás nitrogênio (N2) T.E. = 196 °C

Utilização: O Nitrogênio é usado na obtenção de fertilizantes e é componente da amônia (NH3), o Argônio é o gás presente no filamento das lâmpadas fluorescentes e o Oxigênio preenche os balões de respiração artificial.

O método permite obter os três produtos, mas, como sabemos, o ar seco é constituído ainda por dióxido de carbono (CO2), ozônio (O3) e outros gases nobres: Neônio (Ne), Hélio (He), Criptônio (Kr), Xenônio (Xe), Radônio (Rn).

Veja mais!

Destilação do petróleo

Destilação simples e fracionada

Destilação fracionada: método usado para obter cafeína

Assuntos Relacionados

Comentários