Gás freon

O gás freon foi descoberto em 1931, desde então passou a ser muito utilizado no circuito de uma geladeira. No entanto hoje sabemos que este gás é nocivo à camada de ozônio.

O gás Freon-12 foi descoberto no ano de 1931 pelo cientista Thomas Midgely Jr. Tal gás surpreendeu pelas suas incríveis propriedades criogênicas e passou a ser a alternativa ideal para a produção de frio.

O gás freon 12 tornou-se então o gás de geladeira, em que circula por todo o circuito (compressor, válvula de expansão, evaporador, condensador). A partir de 1950 já era possível fazer gelo residencial, os alimentos congelados invadiram o mercado e passaram a percorrer o mundo.

Mas com o avanço da ciência, foi possível revelar um lado triste da história: o gás freon, uma vez disperso na alta atmosfera, é um dos principais responsáveis pela destruição progressiva da camada de ozônio. E por isso ele vem sendo substituído ao longo dos anos.

Conheça outras utilizações desse gás:
• Na produção de espumas de poliestireno;
• Como material de limpeza de delicados circuitos eletrônicos;
• Como propulsor de aerossóis (sprays propelentes).

Por Líria Alves
Graduada em Química

Assuntos Relacionados