Gelo seco

O dióxido de carbono sólido, popularmente conhecido como gelo seco, possui uma propriedade peculiar que faz com que ele seja muito utilizado para efeitos especiais.

Gelo seco
Como obter gelo seco?

Gelo seco é o nome popular dado ao dióxido de carbono sólido “CO2 (s)”. Esse composto é vastamente utilizado para promover efeitos especiais e recursos cênicos em filmes, shows, festas, etc.

Processo de obtenção do gelo seco

O processo é simples, resfria-se o gelo normal a uma temperatura inferior a -78ºC. A temperatura do gelo, como está muito fria, faz com que os cubos exalem fumaça ao entrar em contato com a pressão atmosférica. Tudo se deve à transformação: o gelo muito resfriado quando sofre mudanças bruscas de temperatura (aquecimento) torna-se um gás de dióxido de carbono.

Quando o ar quente (temperatura ambiente) passa sobre o gelo-seco, forma-se uma densa nuvem branca, que permanece ao nível do chão em razão da diferença de densidade. A nuvem é mais pesada que o ar ambiente, essa nuvem simula a formação de fumaça, produzindo assim o efeito especial.

O dióxido de carbono sólido é também usado para refrigeração. Neste caso é uma ótima opção para viagem: as baixas temperaturas permitem uma melhor conservação dos alimentos.