Você está aqui Mundo Educação Química Química Geral Metais pesados

Metais pesados

Uma das principais características dos metais pesados é a capacidade de bioacumulação.

Metais pesados
O crômio é um exemplo de metal pesado encontrado na forma de minério

Metais são todos os elementos químicos cujos átomos apresentam como principal característica a capacidade de perder elétrons e formar, consequentemente, cátions. Isso acontece em virtude de sua baixa energia de ionização.

A definição de metais pesados ainda é um assunto em evolução, ou seja, não existe uma definição específica para esses metais em especial. De uma forma geral, considera-se metal pesado todo aquele metal que apresenta:

  • Uma elevada massa atômica (a referência é a massa atômica do sódio, que é 23 g/mol);

  • Um elevado número atômico (a referência é o número atômico do cálcio, que é 20);

  • Elevada massa específica (densidade), em torno de 3,5 a 7,0g/cm³;

  • Capacidade de formar sais que, em solução aquosa, dissolvem-se e colorem a água;

  • Capacidade de formar sulfetos e hidróxidos insolúveis em água;

  • Fácil absorção por um organismo vivo;

  • Nível de toxicidade alto para o ser vivo, principalmente se estiver na forma catiônica e associado a cadeias carbônicas

Assim, de acordo com alguns autores, qualquer metal pode ser considerado pesado, seja de transição interna e externa, seja semimetal. Porém, um metal pesado não pode ser sintetizado e nem destruído pela ação do homem. Os metais pesados mais comuns são:
 

A localização geográfica ou oferta dos metais pesados é muito relativa. Eles podem ser encontrados na água, no solo e em minérios. Eles contaminam o meio ambiente principalmente em virtude da ação do homem em buscar esses metais para diversas atividades.

Os principais responsáveis, normalmente, pela contaminação de águas e do solo por metais pesados são:
 

  • indústrias mineradoras;

  • indústria de galvanoplastia;

  • indústrias de manufaturas de produtos eletrônicos;

  • Produtos como tintas, pilhas, fertilizantes, pesticidas, canos para água, termômetros e lâmpadas.

Os efeitos tóxicos que o acúmulo de metais pesados pode gerar no organismo são:
 

  • Anúria (supressão da urina);

  • Diarreia sanguinolenta;

  • Podem afetar vários órgãos, alterando os processos bioquímicos, organelas e membranas celulares;

  • Aumento da pressão arterial;

  • Aborto;

  • Problemas de visão;

  • Problemas de memória;

  • Cólica;

  • Fraqueza muscular.

Devemos preocupar-nos, e muito, com a forma como os materiais que apresentam metais pesados estão sendo descartados no meio ambiente, uma vez eles podem acumular-se em nosso organismo de forma indireta, principalmente em razão da alimentação e ingestão de água.

Logo mais abaixo, apresentamos textos que abordam específica e detalhadamente as características, funções e aplicações dos metais pesados. Não deixe de conferir! Bons estudos!

Artigos de "Metais pesados"