Você está aqui Mundo Educação Química Química Inorgânica Nomenclatura de sais hidrogenados

Nomenclatura de sais hidrogenados

A nomenclatura de sais hidrogenados leva em consideração a quantidade de átomos de hidrogênio, o cátion e o ânion que formam o sal.

Nomenclatura de sais hidrogenados
Bicarbonato de sódio é o nome de um famoso sal hidrogenado

A nomenclatura de sais hidrogenados segue o padrão da nomenclatura oficial dos sais inorgânicos. Veja a regra de nomenclatura geral aplicada para os sais:

Nome do ânion + de + nome do cátion

O que diferencia um sal hidrogenado dos demais é a presença de um ou mais átomos de hidrogênio em sua composição, como podemos ver na fórmula geral de um sal hidrogenado a seguir:

XHnY

  • X é um cátion qualquer;

  • n é a quantidade de átomos de hidrogênios presentes na fórmula;

  • Y é um ânion qualquer.

Regra de nomenclatura de sais hidrogenados

Prefixo + hidrogeno + nome + de + nome
  referente                         do                 do
     
         à                             ânion         elemento

    quantidade                                                        
          de
                                                              
    hidrogênios                                                        

Se o elemento que forma o cátion do sal não pertence às famílias IA, IIA ou IIIA e não é o zinco ou a prata, devemos obrigatoriamente escrever na frente do nome do elemento o algarismo romano que representa a carga desse cátion.

Exemplos

→ NaHCO3

Nesse exemplo, temos um sal que apresenta:

  • Um hidrogênio: prefixo mono;

  • Ânion carbonato (CO3-2);

  • Cátion sódio (Na+1), que pertence à família IA.

Assim, o nome desse sal hidrogenado é mono-hidrogenocarbonato de sódio.

→ CaH2PO4

Nesse exemplo, temos um sal que apresenta:

  • Dois hidrogênios: prefixo di;

  • Ânion pirofosfato (PO4-3);

  • Cátion cálcio (Ca+2), que pertence à família IIA.

Assim, o nome desse sal hidrogenado é di-hidrogenofosfato de cálcio.

→ AuH3P2O7

Nesse exemplo, temos um sal que apresenta:

  • Três hidrogênios: prefixo tri;

  • Ânion pirofosfato (P2O7-4);

  • Cátion ouro I (Au+1), que pertence à família IB.

Obs.: O ouro tem carga +1 porque, ao somar ao +3 referente aos três hidrogênios (cada um com carga +1), anula-se a carga -4 do ânion.

Assim, o nome desse sal hidrogenado é tri-hidrogenopirofosfato de ouro I.

Construção das fórmulas de sais hidrogenados a partir de seus nomes

→ Mono-hidrogenossulfato de prata

  • Mono-hidrogeno: apenas um hidrogênio na fórmula;

  • Sulfato: ânion SO4;

  • Prata: elemento prata, cuja sigla é Ag.

Assim, a fórmula desse sal hidrogenado é AgHSO4.

→ Di-hidrogenonitrato de alumínio

  • Di-hidrogeno: possui dois hidrogênios na fórmula;

  • Nitrato: ânion NO3;

  • Alumínio: elemento alumínio, cuja sigla é Al.

Assim, a fórmula desse sal hidrogenado é AlH2NO3.

→ Mono-hidrogenoborato de cobre II

  • Mono-hidrogeno: apenas um hidrogênio na fórmula;

  • Borato: ânion BO3;

  • Cobre II: elemento cobre, cuja sigla é Cu.

Assim, a fórmula desse sal hidrogenado é CuHBO3.

Tags Relacionadas

Assuntos Relacionados