Você está aqui Mundo Educação Química Química Inorgânica Funções inorgânicas Nomenclatura de sal hidroxilado

Nomenclatura de sal hidroxilado

A nomenclatura de um sal hidroxilado utiliza a regra básica relativa a um sal, acrescida do termo hidróxi que corresponde ao grupo OH.

Nomenclatura de sal hidroxilado
Sal sintetizado para o combate a células tumorais

A nomenclatura de um sal hidroxilado segue o padrão da nomenclatura de um sal comum (ou sal simples), com algumas particularidades. Para entender essas particularidades, vamos relembrar a regra utilizada para os sais simples:

Nome do ânion + de + nome do cátion

Já a regra de nomenclatura dos sais hidroxilados apresenta a seguinte composição:

Prefixo + hidróxi + nome do ânion + de + nome do cátion

Observação: O grupo hidróxido (OH) sempre apresenta o NOX -1.

Essa regra está baseada na diferença que um sal hidroxilado apresenta com relação a um sal simples, que é a presença do grupo aniônico hidróxido (OH) entre o cátion (Y) e o ânion (X) do sal.

YOHX

Vale ressaltar que a quantidade de grupos OH pode variar de um sal para outro, porém deve ficar claro que a hidroxila forma com o elemento Y um único cátion.

1º Exemplo: CuOHCl

Como o cátion cobre (Cu) não faz parte das famílias IA, IIA, IIIA, e não é prata ou zinco, devemos indicar sua carga, em algarismo romano, após o seu nome na nomenclatura do sal.

Nesse sal, temos:

  • Cátion cobre II;

  • Apenas um grupo hidróxi (OH), que é representado pelo prefixo mono;

  • Ânion cloreto (Cl-);

Assim, o nome desse sal hidroxilado é mono-hidróxi-cloreto de cobre II.

Observe que o cátion apresenta carga +2, pois o ânion hidróxido possui NOX -1 e a carga do ânion cloreto também é -1, cuja somatória das cargas é igual a 0.

2º Exemplo: Ti(OH)3CN

Como o cátion titânio (Ti) não faz parte das famílias IA, IIA, IIIA, e não é prata ou zinco, devemos indicar sua carga, em algarismo romano, após o seu nome na nomenclatura do sal.

Nesse sal, temos:

  • Cátion titânio IV;

  • Três grupos hidróxi (OH), representados pelo prefixo tri;

  • Ânion cianeto (CN-);

Portanto, o nome desse sal hidroxilado é tri-hidróxi-cianeto de titânio IV.

Veja que o cátion apresenta carga +4, pois o NOX de cada um dos três ânions hidróxido é -1 e a do ânion cianeto também é -1, cuja somatória das cargas é igual a 0.

3º Exemplo: Pt(OH)2SO4

Como o cátion platina (Pt) não faz parte das famílias IA, IIA, IIIA, e não é prata ou zinco, devemos indicar sua carga, em algarismo romano, após o seu nome na nomenclatura do sal.

Esse sal apresenta:

  • Cátion platina IV;

  • Dois grupos hidróxi (OH), representados pelo prefixo di;

  • Ânion sulfato (SO4-2);

O nome desse sal hidroxilado é di-hidróxi-sulfato de platina IV.

Nesse caso, cátion apresenta carga +4, pois o NOX de cada um dos dois ânions hidróxido é -1 e a do ânion sulfato é -2, cuja somatória das cargas é igual a 0.

4º Exemplo: SbOHP2O7

Como o cátion antimônio (Sb) não faz parte das famílias IA, IIA, IIIA, e não é prata ou zinco, devemos indicar sua carga, em algarismo romano, após o seu nome na nomenclatura do sal.

Nesse sal, temos:

  • Cátion antimônio V;

  • Apenas um grupo hidróxi (OH) (prefixo mono);

  • Ânion pirofosfato (P2O7-4).

O nome desse sal hidroxilado é mono-hidróxi-pirofosfato de antimônio V.

Observe que o cátion apresenta carga +5, já que o ânion hidróxido possui NOX -1 e a carga do ânion pirofosfato é -4, cuja somatória das cargas é igual a 0.

Assuntos Relacionados