Você está aqui Mundo Educação Química Química Ambiental O que é Smog?
O que é Smog?
Smog proveniente de indústrias.

A palavra Smog é de origem inglesa (smoke = fumaça + fog = neblina). Mas será que o nome tem a ver com a definição do termo? Talvez você não nunca ouviu falar, mas com certeza já viu. Sabe aquela fumaça de poluição que se acumula na atmosfera dos grandes centros urbanos? De onde ela vem?

O Smog é proveniente da queima incompleta dos combustíveis fósseis (à base de petróleo). Os gases lançados pelos carburadores dos carros não se acumulam somente ao nível do solo, eles tendem a subir e formar uma densa neblina. Com certeza a paisagem fica prejudicada com a presença da fumaça escura, e o pior é que não é só por uma questão de beleza.

O Smog causa sérios danos à saúde do homem, mais precisamente ao aparelho respiratório. Problemas como irritação constante na garganta e narinas, são problemas comuns aos moradores de capitais onde o tráfego de automóveis se intensifica a cada dia.

Veja agora quais os tipos de Smog existem:

Smog urbana: a mais comum, é uma mistura de poluentes gasosos, neblina e partículas sólidas (poeira). A coloração escura se deve à junção destes materiais.

Smog Industrial: presença de compostos mais nocivos à saúde, como H2SO4 (ácido sulfúrico), SO2 (dióxido de enxofre), cinzas, fuligem, entre outros. É por isso que a poluição industrial é considerada um risco à humanidade.

Smog fotoquímica: o próprio nome já define, ela ocorre em presença de luz. Esta neblina é comum nos dias muito quentes e secos, em sua composição encontramos dióxido de nitrogênio (NO2) provindo de escapamentos de automóveis.

Veja mais!

Óxido poluente

Assuntos Relacionados