O Selênio é um mineral que atua no sistema imunológico e previne várias doenças, como anemia, infertilidade, envelhecimento precoce, esclerose múltipla, entre outras.

O selênio possui ainda a capacidade de proteger as células contra possíveis efeitos de radicais livres e posterior aparecimento de doenças crônicas. Estudos mostram a eficácia do mineral no combate ao câncer e na luta contra o envelhecimento. Por outro lado, a deficiência de selênio causa degeneração pancreática, sensibilidade muscular e maior tendência ao câncer.

Mas é difícil medir uma quantidade certa de selênio necessária ao corpo, uma vez que depende da idade, sexo e tamanho para descrever a dieta correta deste mineral, mas existem alimentos ricos em selênio que podem ser ingeridos normalmente e ainda contribuem para a dose diária recomendada de 10 mcg, veja algumas dicas:

Produtos derivados do trigo, carne bovina e de aves, contribuem para uma boa quantidade desse nutriente. Mas as fontes mais ricas são: castanha de caju, castanha-do-pará, germe de trigo, farelo de cereais, miúdos como fígado e rins, frutos do mar como atum, bacalhau e salmão.

Assuntos Relacionados