Você está aqui Mundo Educação Química Química Geral Separação de misturas heterogêneas

Separação de misturas heterogêneas

Separação de misturas heterogêneas
Filtração: preparo do café.
É muito difícil encontrar na natureza as substâncias em seu estado puro, mas quando estão misturadas elas não perdem suas características químicas. Sendo assim, é possível obter determinada substância usando um método específico de separação. Conheça então, alguns métodos utilizados para separar misturas heterogêneas:

Decantação: As misturas heterogêneas de líquidos, se deixadas por um tempo em repouso, têm sua parte sólida depositada no fundo do recipiente separando-se da fase líquida. Isso acontece porque o sólido, sendo mais denso, sedimenta-se.

Filtração: Nesse processo, quando a mistura é despejada sobre o filtro, o sólido não dissolvido fica retido e a fase líquida passa livremente. Esse filtro contém uma superfície porosa que retém a parte sólida e deixa passar a parte líquida. Existem vários tipos de filtros: de algodão, de papel, de porcelana, etc. Os filtros de papel são muito usados no preparo do café. A água para ser considerada potável tem que passar pelas velas dos filtros, que retêm os microorganismos causadores de doenças.

Ventilação: Esse método é usado, por exemplo, para separar a palha do grão de arroz. É aplicada uma corrente de ar, e a palha, que é mais leve, voa.

Sublimação: as substâncias participantes desse processo podem ser separadas das impurezas através da sublimação e posterior cristalização.

Separação Magnética: É um método que utiliza a força de atração do ímã para separar materiais metálicos ferromagnéticos dos demais. Uma mistura de limalha (pó) de ferro com outra substância, pó de enxofre, por exemplo, pode ser separada com o emprego de um ímã. Aproximando o ímã da mistura, a limalha de ferro prende-se a ele, separando-se do enxofre.

Assuntos Relacionados

Comentários