Você está aqui Mundo Educação Química Química Ambiental Toxidez dos plásticos

Toxidez dos plásticos

Toxidez dos plásticos
De onde vem o colorido dos plásticos?

O plástico não é uma substância pura, mas sim resultado de uma mistura de plastificantes, estabilizadores, corantes, entre outros. Vejamos a função que cada um desses componentes exerce no plástico:

Plastificantes: componentes que melhoram a resistência e flexibilidade do produto.

Estabilizantes: adicionados com o objetivo de tornar o produto mais resistente à luz e oxidação.

Corantes: a variedade de cores de plástico a qual temos acesso hoje se deve à existência de corantes.

Fillers: aumenta a resistência do plástico a prováveis atritos e promove maior estabilidade térmica e dimensional.

Porém, uma substância com tantos aditivos se torna um tanto quanto perigosa. É por isso que se deve ficar atento aos tipos tóxicos de plástico para não colocar sua família em risco. As crianças podem ser as maiores vítimas em razão do contato com materiais plásticos como brinquedos, mamadeira etc. Veja algumas dicas:

- Confira a composição de brinquedos, escolha aqueles que vêm com a especificação “plástico atóxico”.
- E quanto às mamadeiras, prefira aquelas feitas com material não tóxico. Mas como saber qual plástico é perigoso ou não? É só ficar atento para o número estampado no fundo do recipiente.

A numeração é referente à origem do material, a classificação 7 é dada aos de Policarbonato, feitos a partir da substância Bisfenol A (BPA).



Embalagens com esse símbolo são tóxicas, pesquisas comprovam que a presença de BPA no organismo está associada a doenças cardiovasculares e diabetes.

Veja mais!
Alerta para o uso de plásticos

Assuntos Relacionados