Você está aqui Mundo Educação Saúde e Bem-estar Problemas de Saúde Retenção de líquidos

Retenção de líquidos

Retenção de líquidos
A drenagem linfática ajuda a expelir os líquidos acumulados.
A retenção de líquidos ocorre quando o organismo deixa de eliminar os líquidos ingeridos e passa a acumulá-los entre as células do organismo de forma que a quantidade de líquidos seja excedida e anormal.

Normalmente, a retenção de líquidos ocorre em organismos femininos por causa do período menstrual, mas também ocorre em organismos masculinos como sintoma de algum problema que ocorre tanto em homens quanto em mulheres, como funcionamento deficiente da tireóide, hipertensão, problemas renais, má alimentação, falta de exercícios físicos, má funcionamento do coração e fígado, inflamações, problemas na circulação sanguínea, questões emocionais e outros.

O acúmulo excessivo de líquidos no organismo pode ser percebido a olho nu, pois provoca inchaço por todo o corpo (principalmente em regiões como barriga, mãos, pernas, pés e tornozelo) e ainda provoca o ganho de peso que varia de acordo com a quantidade de líquido retido no organismo, o que normalmente varia entre 1 e 2 kg.

No período de gestação é normal ocorrer inchaço e retenção de líquidos, mas tal manifestação deve ser relatada ao médico, pois pode ser sintomas de hipertensão e outros problemas que podem prejudicar o desenvolvimento do bebê e ainda desencadear uma série de problemas que colocam a vida da mulher e do bebê em risco.

A retenção de líquidos pode ser amenizada com alimentação mais natural, pouca utilização de sal nos alimentos, pouca utilização de sapatos altos e/ou apertados que dificulta a circulação, atividades físicas e ainda, se autorizado pelo médico, aderir à massagem e drenagem linfática.

Assuntos Relacionados

Comentários