Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. África do Sul
  3. Alguns Feriados da África do Sul

Alguns Feriados da África do Sul

A África do sul é um país marcado pela discriminação racial ao longo dos anos de sua história, tendo em seu calendário alguns feriados que destacam a luta dos negros por sua dignidade.

O dia 21 de março foi uma data de luta pelos direitos humanos.

A comemoração da data é em razão da criação da Comissão dos direitos Humanos do Sul-Africano (SAHRC), quando o governo controlava a circulação dos sul-africanos, separando-os em negros e brancos.

Os negros, para circularem nas áreas brancas, precisavam apresentar um passe livre, que lhes dava esse direito. Cansados de tanta humilhação, um grupo abriu um manifesto, promovendo uma campanha antipasse, invadindo áreas brancas, sendo presos.

Vários ativistas, reunidos nas portas das delegacias, eram dispersos pela polícia, mas em Sharpeville eclodiu uma briga e a multidão rompeu uma cerca e invadiu o local.

A polícia abriu fogo contra a população negra, matando sessenta e nove pessoas e deixando cento e oitenta feridos.

O dia 21 de março ficou marcado como o dia antiapartheid.

O dia da liberdade é comemorado em 27 de abril. A data foi criada em virtude da realização das primeiras eleições democráticas do país, em 1994. Com apenas quinze anos, o processo democrático da África do Sul obteve grandes conquistas: oportunizou vida melhor para todos; a população vem conquistando igualdade, dignidade e respeito pelos direitos humanos; tiveram a elaboração de uma Constituição forte; conquistaram um governo que representa a vontade do povo; o país está unido pelas diversidades existentes; a sociedade civil tem o compromisso de consolidar o processo democrático, garantindo que o mesmo seja mantido para as gerações futuras.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Em 08 de agosto é comemorado o dia da mulher. A partir de 1996, a Shoprite Checkers e SABC criaram o Prêmio Mulheres Sul-africanas, apresentando as mulheres consideradas modelos para o país. O sucesso da data é tão grande que nos últimos anos várias mulheres têm sido homenageadas em diversas áreas, como da educação, arte e cultura, empresariado, dentre outras.

A comemoração da data é merecida, pois as mulheres da África do Sul têm se empenhado na luta pela igualdade política e social, buscando a melhoria das condições de vida de suas famílias e de toda a comunidade.

No dia 16 de dezembro é comemorado o dia da reconciliação. O feriado foi criado porque no início século XIX acontecia a luta contra o colonialismo britânico, entre voortrekkers e os povos indígenas. Em 1837, o líder dos voortrekkers, Piet retief tentou uma negociação com o rei dos zulus, Dingane, mas após a tentativa os zulus assassinaram um missionário, ocasionando uma grande batalha e várias mortes. Porém, na batalha, morreram mais zulus. Como o dia 16 de dezembro já era conhecido como o dia do voto, da promessa, na preparação para uma batalha, os voortrekkers, cansados da guerra, prometem a Deus que iriam construir igrejas e fazer da data o dia de ação de graças, se conseguissem acabar com a disputa. Com isso, obtiveram a vitória e o dia passou a ser conhecido como o dia de se promover a reconciliação e a unidade nacional.

Comemorações do dia da Mulher e do dia da Liberdade
Comemorações do dia da Mulher e do dia da Liberdade
Publicado por: Jussara Barros

Assuntos Relacionados