Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Ecologia
  4. Água de reúso

Água de reúso

A água de reúso é a água residuária que possui características que permitem sua reutilização para fins potáveis ou não.

O tratamento de águas residuárias pode ajudar na luta contra a escassez de água
O tratamento de águas residuárias pode ajudar na luta contra a escassez de água

É cada vez mais grave o quadro de escassez de água e de poluição de rios e lagos. Diante disso, vemo-nos cada vez mais obrigados a desenvolver novas técnicas para garantir água potável de qualidade para todos.

A água de reúso, apesar de não ser uma técnica nova, vem sendo apontada como uma estratégia para driblar a falta de água em várias regiões do nosso país. Essa água nada mais é que uma água residuária (esgoto) com características que permitem sua utilização para outro fim.

O reúso da água pode ocorrer de duas formas distintas: o reúso indireto e o reúso direto. No reúso indireto, a água residual é lançada em águas superficiais e subterrâneas para que ocorra sua diluição. Nesse caso, pode ocorrer um tratamento prévio em estação de tratamento ou não.

No reúso direto, a água residual é tratada até adquirir as características necessárias para sua nova finalidade. Nesse caso, não há lançamento em águas superficiais ou subterrâneas, sendo levada diretamente para o seu local de uso.

Normalmente o reúso é feito para fins não potáveis, ou seja, para atividades que não exigem uma água de grande qualidade. Dentre esses fins, destacam-se a irrigação de plantas, campos de esportes e parques; uso em descargas sanitárias, lavagem de ruas e calçadas, para apagar incêndios, entre outros.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A água de reúso, apesar de várias críticas e do desconforto da população, também pode ser utilizada para fins potáveis. Nesse caso, o reúso também pode ocorrer de maneira direta ou indireta. De forma direta, a água residual passa por vários processos de alta tecnologia e pode ser usada imediatamente para beber e fazer outras atividades, tais como preparar o alimento e tomar banho. Esse processo é caro e muito pouco se sabe a respeito de sua segurança. Já na maneira indireta, a água, após tratamento, é lançada nas águas superficiais para que seja diluída e, posteriormente, passe por tratamento convencional.

Alguns especialistas garantem a segurança da água produzida, porém muita especulação existe em torno da qualidade da água de reúso para consumo. Pesquisas indicam que algumas substâncias perigosas podem não ser eliminadas no tratamento. Dessa forma, maiores estudos deverão ser feitos para que a melhor qualidade possível seja conseguida.

Mesmo que a água de reúso não seja amplamente utilizada para consumo, seu uso para fins não potáveis pode levar a uma grande economia de água. Ao utilizá-la para outros fins, mais água de qualidade fica disponível, garantindo o abastecimento da população.

Assuntos Relacionados