Célula vegetal

Assim como a célula animal, a vegetal é uma célula eucarionte e, entre suas peculiaridades, apresenta parede celular, vacúolo de suco celular e plastídios.

A célula vegetal, assim como a animal, é uma célula eucarionte, ou seja, uma célula que possui núcleo delimitado por membrana nuclear e organelas membranosas. Apesar dessas semelhanças, a célula vegetal diferencia-se por algumas particularidades.

Características básicas de uma célula vegetal

A célula vegetal apresenta as estruturas básicas de uma célula eucarionte: membrana plasmática, citoplasma, organelas celulares membranosas e núcleo delimitado por membrana. Essas características são compartilhadas com as células animais, mas, na vegetal, há também a presença de parede celular, vacúolo de suco celular e plastídios.

⇒ Parede celular

A parede celular está presente externamente à membrana plasmática e é uma estrutura extremamente dinâmica. Ela garante forma e rigidez para a célula, participa da defesa contra patógenos e impede o crescimento celular exagerado, quando a água entra em seu interior, e, dessa forma, impede a ruptura da membrana.

A parede celular é formada durante o desenvolvimento da célula. Inicialmente, forma-se uma parede primária e, conforme ocorre o desenvolvimento celular, a parede secundária também é constituída. Vale salientar que nem toda célula apresenta parede celular secundária.

A parede celular primária e a secundária diferenciam-se na composição. Enquanto a parede primária é rica em água, a parede secundária possui baixo teor dessa substância. Ambas as paredes apresentam celulose, além de outros polissacarídeos, tais como hemicelulose. Na parede secundária, encontra-se ainda lignina.

⇒ Vacúolo de suco celular

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O vacúolo de suco celular é um tipo específico de vacúolo, no qual existe uma grande quantidade de água e substâncias dissolvidas, que formam o suco vacuolar. O vacúolo desempenha importantes papéis para a célula, como controle osmótico, manutenção do pH, digestão de componentes celulares e armazenamento de substâncias.

⇒ Plastídios

Os plastídios são organelas celulares com envoltório composto por duas membranas importantes e são classificados de acordo com a presença ou ausência de pigmento, ou ainda conforme o tipo de substância que acumula. Podemos classificar os plastídios em três grandes grupos: cloroplastos, cromoplastos e leucoplastos.

Os cloroplastos são os plastídios mais conhecidos. Eles são ricos em clorofila e estão relacionados ao processo de fotossíntese. Os cromoplastos são plastídios ricos em carotenoides. Por sua vez, os leucoplastos não possuem pigmento e têm a função de armazenar substância. Aqueles capazes de armazenar amido, por exemplo, são chamados de amiloplastos.

Outra característica interessante das células vegetais é a presença de glioxissomos, que são organelas relacionadas à germinação de sementes de oleaginosas.

Atenção: Centríolos são frequentemente descritos como estruturas exclusivas das células animais, entretanto, essa organela está presente em algumas plantas, tais como briófitas e pteridófitas.

A célula vegetal apresenta parede celular, vacúolo e plastídios
A célula vegetal apresenta parede celular, vacúolo e plastídios
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados