Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Ecologia
  4. Ciclo do carbono

Ciclo do carbono

Ciclo do carbono é um ciclo biogeoquímico que ocorre na natureza e admite a reciclagem do carbono. Tal reciclagem é importante, pois permite que esse elemento esteja sempre circulando no meio e entre os seres vivos. A seguir aprenderemos um pouco mais sobre esse importante ciclo.

Importância do carbono

O carbono é um elemento extremamente importante e encontrado na natureza. Veja a seguir alguns dos papéis desempenhados por ele:

  • O carbono faz parte da composição das moléculas orgânicas;

  • O carbono está presente na atmosfera, na forma de gás carbônico (CO2), o qual apresenta papel importante no efeito estufa;

  • O gás carbônico atmosférico é utilizado por seres fotossintetizantes no processo de fotossíntese.

Saiba mais: Ciclo do oxigênio – definição, etapas e resumo

Etapas do ciclo do carbono

O ciclo do carbono é um ciclo biogeoquímico complexo que pode ser dividido em duas etapas, para facilitar o entendimento: ciclo geológico do carbono e ciclo biológico do carbono. Explicaremos a seguir, mais detalhadamente, cada uma dessas etapas, as quais são interligadas.

O ciclo do carbono envolve duas etapas: a geológica e a biológica.
O ciclo do carbono envolve duas etapas: a geológica e a biológica.

Ciclo geológico do carbono

Sabemos que o carbono apresenta uma série de reservatórios, sendo alguns deles: os solos, as rochas, os ecossistemas aquáticos e a atmosfera. Nesses ambientes, o carbono está em constante circulação.

O gás carbônico (CO2) presente na atmosfera estabelece uma troca contínua com o ambiente aquático, uma vez que esse gás é solúvel em água. O CO2 presente na atmosfera também se movimenta devido à ação das chuvas, uma vez que ele se dissolve na água, formando uma solução ácida (H2CO3) capaz de promover a erosão de rochas silicatadas.

O processo de desintegração das rochas, chamado intemperismo, é responsável pela liberação dos íons Ca2+ e HCO3-. Quando levados para os oceanos, esses íons são utilizados por seres vivos na formação de conchas carbonatadas. As conchas, após a morte desses animais, acumulam-se no meio ambiente, passando a fazer parte do sedimento no fundo dos oceanos, o qual pode, após algum período, formar rochas calcárias. O sedimento do fundo oceânico participa ainda do ciclo tectônico, formando magma, que produz gás carbônico, o qual é liberado para a atmosfera pelos vulcões.

Percebemos, portanto, que o ciclo geológico do carbono garante a circulação desse elemento pela atmosfera, litosfera e hidrosfera, não envolvendo, nessa etapa, os seres vivos do ambiente. Esse ciclo é lento quando comparado ao biológico.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ciclo biológico do carbono

O ciclo biológico do carbono, como o nome indica, é a etapa que envolve os seres vivos. O ciclo biológico pode ocorrer tanto no meio terrestre quanto no aquático.

O principal processo envolvendo os seres vivos é o de fotossíntese. Nela os organismos autotróficos fotossintetizantes retiram o gás carbônico da atmosfera e eliminam, durante o processo, oxigênio, que será utilizado por alguns seres vivos no processo de respiração. Na fotossíntese o carbono retirado da atmosfera será utilizado na fabricação de moléculas orgânicas.

A fotossíntese é um processo em que o gás carbônico é retirado do meio.
A fotossíntese é um processo em que o gás carbônico é retirado do meio.

As moléculas orgânicas serão passadas, de um ser vivo para outro, por meio da cadeia e teia alimentares, ou seja, as moléculas passarão de modo que as relações de alimentação vão sendo estabelecidas. Os organismos produtores, como as plantas, fabricam sua matéria orgânica no processo de fotossíntese, enquanto os consumidores adquirem moléculas orgânicas ao alimentarem-se de outros seres vivos.

Enquanto no processo de fotossíntese os seres vivos garantem a retirada de gás carbônico do ambiente, no processo de respiração o gás carbônico retorna à natureza. Além disso, o retorno de carbono ao meio também ocorre devido ao processo de decomposição, que é responsável pela liberação de gás carbônico e água.

O carbono é também lançado ao ambiente devido à ação humana, a qual tem sido responsável por aumentos nos níveis de gás carbônico além do normal. Esse aumento ocorre devido ao uso de combustíveis fósseis e ao desmatamento, por exemplo.

Veja mais: Créditos de carbono - mercado de créditos gerados pela não emissão de gases de efeito estufa

Efeito estufa e aquecimento global

O gás carbônico faz parte dos chamados gases de efeito estufa. Esses são responsáveis por garantirem que a Terra permaneça aquecida e, consequentemente, que a vida exista nela. Como sabemos, a radiação solar incide em nosso planeta, sendo parte dela refletida de volta para o espaço e outra parte absorvida por ele.

  Sem o efeito estufa, o planeta enfrentaria temperaturas muito baixas.
Sem o efeito estufa, o planeta enfrentaria temperaturas muito baixas.

Como falado, a Terra só possui vida graças à presença desses gases, que permitem que a temperatura do planeta seja ideal para o seu desenvolvimento. Entretanto, nos últimos anos, tem-se observado o aumento crescente na concentração de gás carbônico na atmosfera e o consequente aumento da temperatura terrestre. Apesar de haver discussões sobre o tema, grande parte dos pesquisadores acredita que esse aumento da temperatura tem relação com as ações humanas.

O aumento da temperatura da Terra, conhecido como aquecimento global, é responsável por desencadear uma série de mudanças no planeta. Dentre suas consequências, podemos citar o derretimento das geleiras, o aumento do nível do mar, a extinção de várias espécies, o aumento da quantidade de chuvas em algumas regiões e os longos períodos de estiagem em outras.

Acesse também: Mudanças climáticas – estão ocorrendo em todo o planeta e já podem ser vistas

Resumo do ciclo do carbono

  • O carbono é um elemento essencial para os seres vivos, uma vez que faz parte da estrutura das moléculas orgânicas.

  • O gás carbônico é utilizado para alguns organismos realizarem a fotossíntese.

  • O gás carbônico é um gás do efeito estufa.

  • O carbono é encontrado nos seres vivos, atmosfera, ambientes aquáticos, solo e rochas.

  • O ciclo do carbono envolve o ciclo geológico e o ciclo biológico.

  • Entre os processos realizados pelos seres vivos, que são essenciais para o ciclo do carbono, estão a fotossíntese, respiração e decomposição.

  • O efeito estufa é fundamental para o desenvolvimento de vida no planeta.

  • O aquecimento global é uma acentuação do efeito estufa. Esse aquecimento está relacionado com derretimento de geleiras, aumento do nível do mar, extinção de espécies, entre outros problemas.

Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados