Crustáceos

Os crustáceos constituem um grupo de artrópodes que possui como característica mais marcante a presença de dois pares de antenas na região da cabeça.

Os artrópodes constituem um grupo de animais que apresenta corpo segmentado, apêndices articulados, celoma, simetria bilateral e sistema digestório completo. Esse filo destaca-se por seu sucesso evolutivo, que permitiu que esses animais dominassem praticamente todos os ambientes.

Os artrópodes podem ser divididos, segundo alguns autores, em quatro grupos: Chelicerata, Hexapoda, Myriapoda e Crustacea. Esse último, que representa os crustáceos, pode ser encontrado em ambientes marinhos, dulcícolas e terrestres, sendo, no entanto, predominantemente marinho. Nesses ambientes existem espécies sésseis, como a craca, e de vida livre, como os caranguejos.

Os crustáceos apresentam grande diversidade morfológica e possuem, em média, 38.000 representantes.Como exemplo de crustáceos, podemos citar os caranguejos, lagostas, tatuzinhos-de-jardim e camarões.

Como são muito diferentes entre si, torna-se complicado realizar uma descrição geral do grupo. Dentre as principais características, podemos citar a presença de dois pares de antenas, um par de mandíbulas e duas maxilas. Além disso, grande parte desses animais apresenta corpo dividido em cefalotórax e abdome.

Os apêndices dos crustáceos são birremes (bifurcados), diferentemente dos outros artrópodes. Além disso, alguns representantes possuem uma carapaça que protege parte ou todo o corpo, além de cutículas calcificadas que garantem uma maior resistência.

O sistema circulatório dos crustáceos assemelha-se ao de outros artrópodes, e as trocas gasosas geralmente são feitas nas brânquias. Eles possuem um coração dorsal que varia em forma, bem como vasos sanguíneos que variam de acordo com o tamanho do animal. Os órgãos excretores são sacos terminais que se abrem nas chamadas glândulas das antenas ou então nas glândulas maxilares.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O tatuzinho-de-jardim é um exemplo de crustáceo terrestre
O tatuzinho-de-jardim é um exemplo de crustáceo terrestre

O sistema nervoso é composto por gânglios que se fundem. Dentre os órgãos sensoriais, destacam-se os olhos, os estatocistos, que atuam no equilibro, e pelos sensoriais. Na maioria das espécies de crustáceos adultos, os olhos são compostos e algumas vezes estão localizados em uma haste móvel.

A maioria dos representantes dos crustáceos é dioica e realiza a cópula. Também é comum a incubação dos ovos pela fêmea, sendo o período de tempo variável para cada espécie. Grande parte das espécies aquáticas apresenta uma larva livre-natante, caracterizando, portanto, um desenvolvimento indireto.

A alimentação dos crustáceos é bem variada, tanto no que diz respeito às dietas quanto no que diz respeito aos mecanismos usados para capturar alimento. Dentre as formas de alimentação, destaca-se a filtração, que ocorre através de cerdas que ajudam a retirar da água as partículas em suspensão.

Ecologicamente, os crustáceos são bastante importantes porque participam em diferentes níveis tróficos da cadeia alimentar. Nos ambientes aquáticos, por exemplo, os microcrustáceos formam os zooplânctons, que servem de alimento para uma grande quantidade de animais. Além disso, constituem um ótimo bioindicador, uma vez que são muito sensíveis à contaminação.

No que diz respeito à importância econômica, os crustáceos destacam-se principalmente nas zonas litorâneas, onde fazem parte da composição de pratos finos e bastante admirados.

O caranguejo é um exemplo de crustáceo encontrado frequentemente em regiões litorâneas
O caranguejo é um exemplo de crustáceo encontrado frequentemente em regiões litorâneas
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados